Faleceu o Padre Avelino Vieira Cardoso

Natural de Ronfe nasceu a 16 de setembro de 1931 e faleceu esta segunda-feira, 8 de fevereiro, com 90 anos de idade.

O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, apresentou as mais sentidas condolências à família do Padre Avelino Vieira Cardoso

“O Padre Avelino deixou uma marca profunda na sua freguesia natal, expressando um grande espírito humanista e de ajuda aos mais vulneráveis”, pode ler-se na nota enviada às redações.

Foi ordenado sacerdote a 14 de julho de 1957 e nesse mesmo ano foi nomeado Prefeito do Colégio D. Diogo de Sousa, em Braga. De 1966 a 1969 foi assistente da Ação Católica Portuguesa em França, onde viveu importantes acontecimentos sociais que marcaram a sua personalidade de homem livre e interventor.

Em setembro de 1970 passou a viver em Ronfe, Guimarães, mantendo sempre uma estreita ligação com as instituições locais. No ano de 1980 fica ao serviço da Emigração em Londres e é nomeado Assistente Eclesiástico dos Organismos Operários Católicos.

Participou ainda em vários outros movimentos: MAAC – Movimento de Apostolado de Adolescentes e Crianças, PEMO – Padres em Mundo Operário e REMO – Religiosas em Mundo Operário. Teve um particular papel de denúncia do trabalho infantil, nas mensagens que a LOC diocesana de Braga divulgou e levaram à formação da CNAISTI – Confederação Nacional para a Ação sobre o Trabalho Infantil. 

Colaborou com as suas memórias no livro “25 de Abril – Guimarães Daqui Houve Resistência” editado em 2014 com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães.

As cerimónias fúnebres realizam-se quarta-feira, 10 de fevereiro, às 11h00, em Ronfe, Guimarães, com todas as restrições impostas pela Direção-Geral da Saúde.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?