Futebol é para adeptos de barba rija

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

No passado sábado assistimos a mais um lamentável momento no estádio D. Afonso Henriques.

Numa altura em que deveríamos estar a recordar os lances, os dribles, a bola que passou a rasar o poste, a que bateu no fundo das redes, o golo, a festa nas bancadas, os cachecóis no ar e os abraços, falamos de violência, de uma carga desproporcional que elementos da Polícia de Segurança Pública exerceram sobre os adeptos vitorianos presentes na bancada nascente.

Um comportamento bárbaro, desmedido, que não é admissível a ninguém, muito menos àqueles a quem cabe garantir a ordem e a segurança num estádio e fora dele.

Quando adeptos do Sporting, da claque, destroem parte da caixa de segurança e provocam os vitorianos na bancada ao lado, a intervenção policial caiu sobre os adeptos da casa. Surreal.

Quando olhamos para as imagens daquele incidente e vemos crianças desesperadas, assustadas, mulheres a fugir e homens a levarem bastonadas, ficamos incrédulos e com pouquíssima vontade de voltar ao estádio e de levar as crianças connosco.

“Reflitam e pensem duas vezes antes de levarem os vossos filhos ao estádio”, disse João Palhinha, o jogador do Sporting no final do encontro. E sim, temos que refletir, porque não é suposto um jogo de futebol conter este risco, não pode o futebol ser um desporto apenas para adeptos de barba rija e amantes dos confrontos e da violência, mantendo-se o futebol numa espécie de bolha de impunidade.

E, diga-se, só contém este risco porque as entidades com competência nesta área têm assobiado para o lado ao longo dos anos e dos sucessivos incidentes. Com medidas avulsas isto não se resolve.

António Miguel Cardoso, e bem, pediu já uma reunião com o Ministério da Administração Interna. As idas ao D. Afonso Henriques, ou a qualquer estádio, têm que ser só momentos de festa e de alegria, de partilha entre quem gosta de futebol.

E era bom que a mudança partisse de Guimarães.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?