GONDAR – JÁ TEMOS PAREDES

por JOSÉ CUNHA

Após a esperada ampliação do cemitério de Gondar é chegada a hora de Gondar ter o seu espaço desportivo. Requalificar o ringue do “campo amarelo” num polidesportivo capaz de dar resposta às necessidades desportivas dos Gondarenses é um objetivo para o ano de 2016.

A proximidade com os seus habitantes e fregueses é a mais-valia que caracteriza esta Junta de Freguesia, estando sempre ao serviço de Gondar e a cumprir o dever para que fomos eleitos.

Neste ano teremos um cartaz cultural/desportivo diferente dos anos anteriores. Para além das atividades desportivas e culturais que iremos a levar a cabo vamos desafiar as instituições da freguesia e as que “trabalham” em prol da freguesia a mostrar um pouco do que fazem e como o fazem pois são um bem estruturante de Gondar, será uma boa forma de melhorar o bom relacionamento existente entre a Junta de Freguesia e as várias instituições.

Atividades com sucesso, como a apresentação do Hino de Gondar e da iniciativa escolar “Já temos paredes” que aconteceram no ano transato, irão acontecer, surpreender e agradar aos Gondarenses durante o ano de 2016.

Numa freguesia em que o voluntariado tem uma distinção especial, sendo exemplo máximo a construção do Centro Comunitário Paroquial, voluntariado que está de parabéns e que ainda dura nos dias de hoje, porque não o incentivo à população para voluntariar outros fins com o apoio da Junta de Freguesia?

Num ano de mudança governamental as nossas maiores preocupações passam pela aposta em prover a freguesia de espaços de lazer para crianças e seniores, por junto do município de Guimarães as responsabilidades de beneficiação de estradas em mau estado e pela restruturação da luz pública, e nunca esquecendo o tão prometido arranjo das habitações e dos espaços envolventes da Urbanização da Emboladoura pois é um dos passos para mudar as mentalidades em relação á freguesia de Gondar.

As preocupações ambientais serão um dos focos a ter em conta, a limpeza dos caudais dos rios Ave e Selho inseridas no âmbito da Capital Verde Europeia, com as diversas entidades envolvidas iremos junto da população estimular e melhorar as boas práticas ambientais.

O caminho real que une as freguesias de Gondar e Serzedelo com passagem pela ponte românica de Soeiro é um local esquecido pelas entidades competentes, tendo sido a ponte classificada pelo anterior governo PSD/CDS de monumento “sem classificação”. Chegou o momento de unirmos esforços de que o nosso património não seja esquecido e colocado de parte.

A construção de um centro cívico que una as necessidades da freguesia num espaço só será um dos próximos projetos a levar a cabo na freguesia.

Numa freguesia multifacetada de pessoas e políticas a defesa principal deste esse executivo é e será sempre a de defender os direitos dos Gondarenses e eu como seu Presidente e com os compromissos assumidos e com a seriedade que me conhecem irei defender junto da Camara Municipal que assuma as suas responsabilidades e promessas para com os habitantes de Gondar, tendo consciência que estamos no caminho certo para que os objetivos traçados sejam atingidos.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?