Guimarães candidata-se a Capital Verde Europeia 2025

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

Guimarães vai apresentar, no primeiro trimestre deste ano, uma nova Candidatura a Capital Verde Europeia.

Com o propósito de tornar esta recandidatura o mais abrangente possível, Domingos Bragança reuniu esta semana os líderes das bancadas parlamentares da Assembleia Municipal para a apresentação das novas linhas gerais do documento que a sustenta.

Nesse encontro, o presidente da Câmara Municipal referiu que já a candidatura de 2017, em que Guimarães não saiu vencedora, “foi muito consensual”, mostrando satisfação por isso e pela candidatura ter ficado também bem posicionada, “à frente de muitas cidades”. Relativamente a 2017 disse que foram identificados “alguns indicadores que precisávamos melhorar, e foi o que fizemos”.

Tendo em conta as palavras do edil vimaranense, e o facto de ter colocado a sua vice-presidente, Adelina Pinto, como responsával por este dossier no início do seu último mandato na Câmara Municipal, podemos antever uma candidatura forte de Guimarães a Capital Verde Europeia em 2025, ano de saída de Bragança da Câmara Municipal.

Bragança tem a possibilidade de, caso a candidatura seja vencedora, sair pela porta grande da Câmara, com um título que será lembrado por muitos anos. E talvez, como a sua maior conquista.

Mas, mais importante do que títulos, e como também tem sido referido – diga-se – é que o trabalho desenvolvido no terreno contribua significativamente para a melhoria do ambiente no concelho e, simultaneamente e por inerência, para o bem estar da população. E com títulos ou não, que o futuro em Guimarães seja mais verde.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?