Guimarães discute soluções para dar resposta à retoma do turismo

A situação de pandemia em 2020 veio transformar por completo um setor que estava em desenvolvimento e Guimarães está a criar soluções para dar resposta à retoma do turismo, “alinhada com as novas tendências”.

© Joana Meneses/Mais Guimarães

“Palavras como confiança, higiene ou saúde ganharam outra dimensão após esta situação de pandemia no momento de escolher um destino turístico e desde o início que a Câmara de Guimarães promoveu um trabalho de certificação (Clean&Safe) nos estabelecimentos hoteleiros e turísticos, assim como a oferta de ações de formação, capacitação de agentes turísticos e criação de novos conteúdos de promoção e divulgação do destino, sobretudo em mercados de proximidade”, salientou Sofia Ferreira, na reunião do Conselho Consultivo do Turismo, que decorreu esta terça-feira.

A Vereadora destaca a aposta em novos projetos na perspetiva de cimentar a oferta do turismo de natureza, através de novos segmentos sem descurar a valorização do património e a programação cultural de Guimarães. “Estamos a abraçar novos projetos na perspetiva de melhorar e diversificar, através da qualificação de produtos locais na área da enogastronomia. Está a ser preparado um evento gastronómico com as três CIM’s do Minho, a realizar em Guimarães, Braga e Viana do Castelo. Existe ainda o projeto Caminhos de Santiago com ligação a Guimarães, a articulação com agentes turísticos na partilha de informação, promoção do destino em mercados de proximidade e reforço da divulgação nos meios de comunicação”. Apontou ainda a formalização da adesão de Guimarães à Associação de Turismo do Porto e Norte de Portugal, já aprovada pelo Município mas pendente do visto do Tribunal de Contas para se tornar efetiva.

A Câmara Municipal pretende definir o posicionamento da marca na captação de turismo, através de um estudo que resultou na elaboração de 48 projetos para implementar. “A estratégia foi repensada, depois de avaliados os impactos da pandemia, e estamos na fase da sua implementação”, explicou Filipe Roquete. Nesta sessão decorreu uma apresentação geral da implementação da estratégia, por Ana Cotter, com realce para a valorização do território concelhio na sua totalidade e a implementação de uma rede de embaixadores na promoção do território.

O Presidente do Turismo do Porto e Norte, Luís Pedro Martins, congratulou o trabalho desenvolvido pela Câmara Municipal de Guimarães apontando como exemplo a seguir. “Em Guimarães está a ser feito um trabalho estratégico, com muito estudo e avaliação. Isso é fundamental e não podemos estar sempre a improvisar”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?