GUIMARÃES É O QUINTO MUNICÍPIO DO PAÍS QUE MAIS RECEBE DO OE 2017

A dotação do Orçamento de Estado para 2017 (OE 2017) à autarquia ascende aos 25,56 milhões de euros, ficando apenas atrás de Sintra, de Lisboa, de Vila Nova de Gaia e do Porto e à frente do resto do distrito de Braga. A este valor, soma-se a transferência de 2,47 milhões para as 48 freguesias, com a maior porção a caber à União das Freguesias de Oliveira, São Paio e São Sebastião (102.741 euros).

A transferência do OE 2017 para Guimarães vai ultrapassar a marca dos 25 milhões de euros, depois de se ter cifrado nos24,54 milhões para 2015 e nos 24,84 milhões para este ano, fazendo do município do Vale do Ave o mais contemplado no distrito, à frente de Barcelos, que vai receber 25,22 milhões de euros, de Braga (21,83 milhões) e de Famalicão (20,34 milhões). O quinto no país, atrás de Sintra, o primeiro, com 32,65 milhões, de Lisboa (31,01 milhões), de Vila Nova de Gaia (28,06 milhões) e do Porto (26,10 milhões), indica o documento publicado no sítio oficial da Assembleia da República.

Grande parte do montante provém do Fundo de Estabilização Financeira (FEF), que atribuiu à autarquia 17,92 milhões de euros (70%), repartidos entre a receita corrente, que ascendeu aos 16,13 milhões, e a receita de capital, que totalizou 1,79 milhões de euros. O valor proveniente do FEF representou um aumento de 5,7% face ao OE 2016 (16,95 milhões), que se deve quase por inteiro ao aumento da receita corrente em 870 mil euros (5,7%), com a receita de capital a subir quase 100 mil euros.

(Saiba mais na edição impressa desta semana no jornal Mais Guimarães)

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?