Guimarães: PAN questiona Câmara Municipal sobre herbicidas utilizados no concelho

No mês em que, habitualmente, se alerta para o declínio acelerado da biodiversidade, no geral, e dos polinizadores, em particular, o PAN anunciou ter questionado a Câmara Municipal de Guimarães sobre “o tipo de herbicidas utilizados pelas juntas de freguesias do concelho, nomeadamente Ponte”.

© Cláudia Crespo / Mais Guimarães

“A CM de Guimarães foi, em 2019, uma das primeiras autarquias a assinar o manifesto Autarquias sem Glifosato da QUERCUS”, alertou o porta-voz da concelhia, Rui Rocha, pelo que questiona qual o herbicida utilizado pelas freguesias do concelho, de forma “a confirmar se não contém quaisquer substâncias potencialmente cancerígenas e/ou tóxicas (glifosato e pesticidas organofosforados)”.

A concelhia do partido indagou a autarquia sobre a possibilidade de “evitar o corte total de vegetação espontânea de prados e jardins públicos”, algo que “além de ajudar a manter a humidade do sol, serve de habitat a imensas espécies de animais, sobretudo insetos”.

“Na verdade, trata-se apenas de pôr em prática o enunciado na página do município”, acrecenta o partido na mesma nota às redações.

Rui Rocha garante que, até ao momento, “a Câmara Municipal ainda não deu qualquer resposta” e lembra que “há um ano atrás a autarquia também ficou em silêncio quando as mesmas questões foram colocadas”.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?