GUIMARÃES TEM ESTRADA CONDICIONADA EM AIRÃO SANTA MARIA DEVIDO À PROXIMIDADE DE PEDREIRA

Ainda não há data previsível para a abertura, que só acontecerá “garantidas que estejam as condições de segurança de pessoas e bens”, dise o município, citado pela Lusa.

© Direitos Reservados

Um ano depois do colapso de um troço de cerca de 100 metros da Estrada Municipal 255, no distrito de Évora, ainda há, segundo informações recolhidas pela agência Lusa, quatro distritos com estradas condicionadas devido à proximidade de pedreiras. No distrito de Braga, destaque para Guimarães.

A rua da Boucinha, em Airão Santa Maria, está encerrada ao trânsito desde março, uma vez que é um caminho adjacente às duas pedreiras existentes na zona.

“A Câmara Municipal de Guimarães esclarece que a monitorização (questões de segurança e ambiente) do estado das pedreiras situadas no território vimaranense está em fase de conclusão, não tendo sido encontradas, até agora, situações graves que impusessem a tomada de medidas urgentes como aconteceu no caso das duas pedreiras de Airão Santa Maria”, lê-se, num comunicado citado pela Lusa.

Segundo a mesma fonte, ainda não há data previsível para a abertura, que só acontecerá “garantidas que estejam as condições de segurança de pessoas e bens”.

Numa notícia do Mais Guimarães de março deste ano, lê-se que “de entre quase 200 pedreiras sinalizadas pelo Ministério do Ambiente, apenas um caso, no concelho de Vila Nova de Famalicão, pode interferir diretamente com população vimaranense. A pedreira em causa situa-se na Curviã, encostando à União de Freguesias de Airão Santa Maria, Airão São João e Vermil. Ainda assim, é uma das que se encontra no grau “baixo” de prioridade de intervenção, sendo que há, acima, os graus “elevado” e “moderado””

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?