HGOG E ELCOS INVESTIGAM PROBLEMÁTICA DAS FERIDAS EM CONTEXTO HOSPITALAR

© Mais Guimarães

O Hospital da Senhora da Oliveira (HSOG) desenvolveu um projeto de investigação que tem como tema a problemática das feridas em contexto hospitalar. Numa parceria com a ELCOS — Sociedade Portuguesa de Feridas, todos os serviços do hospital envolveram-se para, através de uma abordagem multidisciplinar, apurar o diagnóstico da instituição no que às feridas diz respeito. E os resultados indicam, segundo comunicado do HSOG, “cuidados de saúde atempados e de qualidade nesta área”, já que a taxa de prevalência de úlceras por pressão, na amostra estudada, é “muito baixa” (3,3%).

Para se chegar a essa percentagem, os serviços diagnosticaram a problemática através de pontos como “a patologia associada, prevalência de feridas na região, origem, tipologia, duração e frequência do tratamento, caracterização sociodemográfica da amostra, entre outros”. A apresentação dos resultados aconteceu no dia 03 de fevereiro, no auditório do hospital, e contou com a presença de profissionais do HSOG e da ELCOS, com elementos da que integrou este trabalho de investigação.

Agora, o HSOG “tem como objetivo a melhoria contínua” de diversos indicadores no tratamento das feridas, como “cumprir, escrupulosamente, todas as diretrizes da prática clínica”, “aumentar capacidade de avaliar, diagnosticar, prevenir e tratar, em tempo útil, todo o tipo de feridas (independentemente do seu grau de complexidade)” ou “melhorar a gestão dos recursos”. Para além disso, a instituição conta em “melhorar os resultados clínicos e de saúde da população” e delinear, brevemente, “novas estratégias de prevenção e controlo da infeção associada às feridas”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?