HOSPITAL DE GUIMARÃES REFORÇA MEDIDAS RESTRITIVAS E PREVENTIVAS

© Mais Guimarães

No âmbito do Plano de Contingência do Hospital Senhora da Oliveira de Guimarães para o novo coronavírus (COVID-19), a unidade de saúde irá proceder ao reforço das medidas restritivas e preventivas.

Nesse sentido, o acesso dos utentes ao Hospital será efetuado através de uma só entrada em cada edifício. Será ainda suspensa a Atividade Assistencial Não Urgente, nomeadamente consultas externas, sessões de hospital de dia, meios complementares de diagnóstico e terapêutica e intervenções cirúrgicas, até dia 31 de março de 2020. A atividade que se encontra agendada só deve ser realizada em casos clínicos que se justifiquem. O adiamento da intervenção não pode, de todo, prejudicar o estado de saúde do doente. Além disso, “quando clinicamente adequado, as consultas devem ser realizadas de forma não presencial”, escreve o hospital.

Por fim, a deslocação aos Serviços de Apoio “deverá ser efetuada para situações imprescindíveis e caso outra forma de contacto não seja possível. Privilegia-se, assim, outras formas de comunicação existentes: telefone e e-mail.”, pode ler-se no mesmo comunicado.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?