bairro.C
III Jornadas do Grande Órgão Histórico decorrem em dezembro

Entre os dias 1 e 8 de dezembro.

órgao-musica-igreja-oliveira-barra_fb

As III Jornadas do Grande Órgão Histórico da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira decorrem entre os dias 1 e 8 de dezembro, com a comemoração do 9.º aniversário do restauro do mesmo. Haverá visitas musicais e vésperas solenes.

© Direitos Reservados

As Jornadas do Grande Órgão Histórico 2022 comemoram o 9.º Aniversário do restauro deste órgão monumental, na efeméride litúrgica da Solenidade da Conceição Imaculada de Nossa Senhora. A III edição deste festival prossegue a parceria entre a Paróquia de Nossa Senhora da Oliveira e o Museu de Alberto Sampaio, contando com um patrocínio do Município de Guimarães. É diretor artístico Nuno Mimoso, organista, maestro e musicólogo, diplomado pela Escola Superior de Música Sacra de Ratisbona, na Alemanha. O templo quatrocentista estará engalanado para acolher visitas e liturgias solenes e louvar a sua Padroeira.

As jornadas englobam uma variada oferta cultural e religiosa, como visitas guiadas de descoberta do património musical da Colegiada de Guimarães, partindo do Museu de Alberto Sampaio (1 a 8 de dezembro, às 11h00 e às 15h00), períodos de música de órgão durante a visita ao templo com acolhimento de público no Museu de Alberto Sampaio (1 a 8 de dezembro, das 12h00 às 16h00), e uma oração comunitária cantada com a comunidade paroquial, na Solenidade de Nossa Senhora da Conceição, a 8 de dezembro, às 18h00.

A Igreja de Nossa Senhora da Oliveira, templo do século XV classificado Monumento Nacional, inclui no seu património integrado o grande órgão histórico, obra do organeiro vimaranense Luís António de Carvalho. Encomendado pela Insigne e Real Colegiada de Guimarães em 1831, ficou concluído após 10 anos. A cidade possui 12 órgãos históricos, sendo jóia da coroa o instrumento da Colegiada, maior órgão histórico do Norte de Portugal, com dois teclados, 51 meios-registos sonoros, 2.229 tubos, dos quais 270 trombetas. Foi restaurado entre 2011-2013 pela Oficina e Escola de Organaria de Esmoriz.

Partilhar

PUBLICIDADE

Arcol

MAIS EM GUIMARÃES