INCUBADORA DE BASE SOCIAL NASCE EM GUIMARÃES ATÉ AO FIM DO ANO

A constituição de uma Incubadora de Base Social é uma intenção já expressa pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães. Agora, com o processo em concurso sob a constituição de um modelo associativo, Domingos Bragança aponta que até ao final do ano estará concluído este projeto no sentido de oferecer respostas eficientes aos problemas sociais, principalmente na infância.

Ao participar na campanha do “Mês Internacional da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, numa iniciativa que juntou as escolas do Agrupamento do Vale de São Torcato, o presidente da autarquia salientou que a Incubadora de Base Social “será uma organização associativa, com presença municipal, reunindo um conjunto de especialistas e profissionais que trabalham diretamente com crianças e não só”. Explicou que “ao constituir esta Incubadora de Base Social, a Câmara Municipal pretende dar uma resposta consentânea com os sinais que possam ser evidentes nas pessoas que precisam de apoio”. Nesse sentido, realçou a representação de instituições como a Universidade do Minho, IPSS’s, Agrupamentos Escolares e demais instituições representativas da sociedade.

O objetivo da constituição de uma incubadora de base social tem como finalidade “promover a reflexão em conjunto no sentido de dar resposta aos problemas de carência ”, alertou Domingos Bragança. “Por vezes, surgem casos de degradação da condição humana e não são visíveis porque as pessoas sentem-se inibidas e têm vergonha de se exporem”, completou o edil de Guimarães, reforçando a necessidade de perceber os sinais subtis que apresentam os problemas sociais “através dos investigadores, professores e profissionais que diariamente trabalham de uma forma próxima com as pessoas”.

A receção ao Presidente da Câmara na EB2,3 de São Torcato foi realizada pelos alunos, através de breves interpretações com mensagens alusivas aos direitos das crianças, seguindo-se ainda a constituição de um cordão humano, em forma de um Laço Azul. Domingos Bragança enalteceu “o espírito e dedicação” nos momentos proporcionados e deu a conhecer que a Câmara vai implementar a cobertura do recreio naquela escola adaptando-o e funcionando também como um anfiteatro, no âmbito da sua requalificação geral.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?