IVO VIEIRA DIZ QUE É “GRATIFICANTE” DISPUTAR TANTAS COMPETIÇÕES

@ Lusa

O treinador do Vitória reconheceu que este ciclo competitivo de agosto, com jogos, praticamente, de três em três dias, dificulta o trabalho da sua ideia do jogo e o estudo dos adversários que se seguem, mas é simultaneamente “gratificante”, por comprovar que o Vitória está “numa posição privilegiada em relação às competições”. “Se conseguirmos prolongar este ciclo de muitos jogos por mais tempo melhor”, realçou Ivo Vieira, na antevisão ao jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, na Letónia, frente ao Ventspils, na quinta-feira, às 17:45 portuguesas.

O técnico disse estar à espera de um adversário mais complicado do que o da ronda anterior, a Jeunesse Esch. O terceiro classificado do principal campeonato letão é, para o madeirense, uma equipa que “vai querer disputar o jogo pelo jogo”, com “gente rápida na frente”, com um “ponta de lança muito alto”, dois “extremos muito rápidos” e um “meio-campo com bons executantes”.  “A Jeunesse quando ganhou à equipa do Cazaquistão [Tobol] era mais forte. Agora a equipa da Letónia é mais forte. Temos de potenciar os nossos jogadores em termos físicos e mentais para cumprirmos o objetivo, que é ganhar”, frisou.

Para Ivo Vieira, os seus jogadores mostraram estar “focados” em todos os “grandes desafios” e em todas as “grandes competições” com a performance de segunda-feira, diante do Feirense, para a Taça da Liga (triunfo por 1-0).

O guarda-redes Miguel Silva defendeu, por seu turno, que o Vitória tem de provar a superioridade sobre o Ventspils para merecer a passagem ao ‘play-off’. O jogador, de 24 anos, rejeitou ainda que se sente o titular da equipa, por ter alinhado nas duas partidas frente à Jeunesse.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?