Já é possível reciclar óleo alimentar em Guimarães

A partir desta quinta-feira, dia 20 de junho, os vimaranenses poderão contribuir para a preservação ambiental, depositando o óleo alimentar usado nos contentores disponíveis em vários pontos da cidade. Segundo o lema "Reciclar é para Todos", a iniciativa visa promover práticas mais sustentáveis e facilitar o descarte adequado deste tipo de resíduo.

© Eliseu Sampaio/ Mais Guimarães

Guimarães inaugura um novo sistema para a reciclagem de óleo alimentar usado (OAU). Até ao final de junho, a EcoMovimento, empresa local responsável pela gestão de resíduos, incluindo OAU, irá instalar 122 oleões GOTA pela cidade. Esta iniciativa visa a recolha e valorização do óleo alimentar usado, transformando-o em biodiesel, um combustível ecológico.

Este projeto, realizado em parceria com o município de Guimarães, é mais uma ação concreta no compromisso de promover a sustentabilidade e atingir a neutralidade climática até 2030. A EcoMovimento pretende, assim, incentivar os vimaranenses a adotarem a reciclagem de OAU como um hábito diário, contribuindo para a preservação ambiental e a qualidade de vida das futuras gerações.

A EcoMovimento faz parte do Pacto Climático de Guimarães, um consórcio de mais de 120 entidades que procura envolver cidadãos, empresas, instituições e o município em uma ação colaborativa para a descarbonização e neutralidade climática até 2030. Com esta iniciativa, a EcoMovimento reforça o seu papel como aliado na luta contra as mudanças climáticas, sublinhando a urgência de ações em prol de um futuro mais ecológico e sustentável.

 

© Eliseu Sampaio/ Mais Guimarães

 

EcoMovimento reaproveita óleo alimentar usado em prol do ambiente

Os óleos alimentares são amplamente utilizados na culinária doméstica. Segundo a Agência Portuguesa do Ambiente, uma família de quatro pessoas consome, em média, um litro de óleo por semana. O descarte inadequado deste óleo pode causar sérios danos ambientais, contaminando grandes quantidades de água, danificando infraestruturas como as estações de tratamento de águas residuais (ETARs) e promovendo a proliferação de pragas.

Por outro lado, o descarte correto do OAU pode beneficiar o meio ambiente, sendo reaproveitado na produção de biodiesel e sabão. A EcoMovimento, consciente da importância desta prática, desenvolveu o Oleão GOTA, um contentor funcional, esteticamente atraente e mais ecológico. Atualmente, existem mais de 700 oleões GOTA em todo o país, feitos de plástico 100% reciclável, oferecendo vantagens como menor consumo de energia na produção e reciclagem e facilidade na incorporação de plástico reciclado.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES