JORNADAS DE CARDIOLOGIA DO MINHO APROXIMAM CUIDADOS PRIMÁRIOS E HOSPITALARES

As XXIV Jornadas de Cardiologia do Minho / XII Jornadas de Cardiologia de Guimarães vão juntar especialistas e peritos nacionais de renome no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, nos dias 23 e 24 de fevereiro. O programa do evento científico pretende estreitar relações entre os cuidados primários e hospitalares.

Aquele evento científico é já um clássico do calendário da Cardiologia Nacional e conta com o patrocínio científico da Sociedade Portuguesa de Cardiologia. Trata-se de um palco privilegiado para o enriquecimento, o debate e a partilha de experiências, não só entre cardiologistas, mas também com os profissionais da medicina geral e familiar, medicina interna, endocrinologia, internos de formação geral e específica e alunos de medicina. Tudo para prestar o melhor serviço aos doentes.

“As Jornadas de Cardiologia são, mais uma vez, uma oportunidade de partilha de conhecimento e de opiniões, mantendo uma relação estreita com os colegas da medicina geral e familiar. Voltamos a fazer questão de, tal como há dois anos, ter um programa diversificado, atrativo e inovador, com espaços onde possamos conversar sobre as principais patologias do foro cardiovascular”, resume Filipa Almeida, cardiologista vimaranense e coordenadora do evento deste ano.

As jornadas pretendem fechar o ciclo dos grandes temas na área da cardiologia a cada 2 anos. Desta forma, o programa desta edição, em articulação com a edição anterior, abordará principalmente a insuficiência cardíaca, considerado o principal flagelo do século XXI, as doenças do ritmo e valvulares, não esquecendo as inovações farmacológicas e tecnológicas dos últimos 2 anos, numa vertente de partilha de conhecimentos e enriquecimento coletivo. “A nossa preocupação é envolver a comunidade. O nosso objetivo passa sempre por estreitar as relações entre os cuidados primários e os cuidados hospitalares, sendo claro que ganhamos todos com esta relação próxima e bidirecional”, sublinha a cardiologista Filipa Almeida.

As XXIV Jornadas de Cardiologia do Minho / XII Jornadas de Cardiologia de Guimarães têm sessão de abertura agendada para o dia 23 de Fevereiro, pelas 09h30, no Centro Cultural Vila Flor, com as presenças do presidente da Câmara Municipal de Guimarães, presidente do Conselho de Administração do Hospital de Guimarães, diretor do Serviço de Cardiologia de Guimarães, presidente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia e diretor executivo do ACES Alto Ave, entre outras individualidades.

Do programa, merecem destaque duas iniciativas novas que têm como objetivo a participação ativa de todos. Pela primeira vez, o evento terá uma modalidade de apresentação de discussão científica denominada “Conversas sobre…” que pretende distanciar-se dos modelos tradicionais de apresentação, incentivando uma discussão aberta, multidisciplinar e seguramente, enriquecedora, onde participarão médicos cardiologistas de várias áreas de intervenção, cirurgiões cardíacos e médicos de medicina geral e familiar. Para além disso, o tema da conferência de encerramento foi deixado à escolha dos participantes e será divulgado durante as Jornadas.

Este ano, também pela primeira vez será discutido o tema da Hipertensão Arterial Pulmonar com a participação de especialistas de um dos centros europeus de referência de tratamento desta patologia.

Recorde-se que, desde 1996, as Jornadas de Cardiologia do Minho acontecem alternadamente em Guimarães e Braga, num excelente exemplo de cooperação entre serviços e profissionais de saúde.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?