Jornal

#65 27 dezembro 2016

DESTAQUES

VITÓRIAS LONGE DO BERÇO CIMENTAM LUGAR EUROPEU

Golo de Hernâni garantiu triunfo por 1-0 em Arouca, o sexto fora de casa alcançado neste campeonato.

HOSPITAL DE GUIMARÃES COM MAIS 200 NASCIMENTOS

No início de dezembro foi ultrapassado o número de 2000 recém-nascidos no Hospital de Guimarães, um aumento no número de nascimentos em relação ao ano anterior.

CENTRO HISTÓRICO VOLTA A RECEBER PASSAGEM DE ANO

Para além do centro da cidade, vimaranenses têm alternativas para a entrada no novo ano.

TRADIÇÃO SECULAR DE S. CRISPIM CUMPRIU-SE NA VÉSPERA DE NATAL

O albergue com mais de 700 anos recebeu cerca de 90 pessoas que recorreram ao “conforto no estômago e agasalho” na noite de Natal.

VIMARANENSES SOLIDÁRIOS EM ÉPOCA NATALÍCIA

O Natal é sinónimo de solidariedade. São várias as campanhas que são promovidas, com o objetivo de tornar esta época especial para quem vive com necessidades.

SALÁRIO MÍNIMO DE 557€ GERA RECEIO EM SINDICATOS E PATRÕES

Sindicato Têxtil do Minho teme que rendimentos no limiar do salário mínimo sejam alcançados pelo aumento. Associação do Têxtil e do Vestuário antecipa perda de competitividade das empresas.

Receba a nossa Revista Mensalmente no seu Email

Receba a Nossa Revista em Formato Digital

Estatuto editorial de Mais Guimarães – O Jornal

1 – “Mais Guimarães – O Jornal” é um órgão de comunicação de Guimarães, generalista, independente e pluralista, que privilegia as questões ligadas à área em que está inserido.

2 – “Mais Guimarães – O Jornal”, é uma publicação independente, sem qualquer dependência de natureza política, económica ou ideológica.

3 – “Mais Guimarães – O Jornal” é um órgão de informação que recusa o sensacionalismo e é orientado por critérios de rigor, isenção e honestidade no tratamento das notícias.

4 – “Mais Guimarães – O Jornal” compromete-se a respeitar os direitos e deveres previstos na Constituição da República Portuguesa, na Lei de Imprensa e no Código Deontológico dos Jornalistas.

5 – “Mais Guimarães – O Jornal” aposta numa informação diversificada de âmbito local, abrangendo os mais variados campos de atividade e pretende corresponder às motivações e interesses de um público plural que se quer o mais envolvido possível no projeto editorial.

6 – “Mais Guimarães – O Jornal” distingue claramente as notícias – que deverão ser objetivas, circunscrevendo-se à narração, à relacionação e à análise dos factos para cujo apuramento devem ser ouvidas as diversas partes – e as opiniões, ou crónicas, que deverão ser assinadas por quem as defende, claramente identificáveis.

7 – “Mais Guimarães – O Jornal” compromete-se a respeitar a privacidade dos cidadãos, recusando a divulgação de factos da vida pessoal e familiar.

8 – “Mais Guimarães – O Jornal” considera a sua atividade como um serviço de interesse público, com respeito total pelos seus leitores, em prol do desenvolvimento da identidade e da cultura local e regional, da promoção do progresso económico, social e cultural de Guimarães.

EDIÇÕES ANTERIORES