LIGA EUROPA: PLAY-OFF ASSEGURADO COM GOLEADA PARA A HISTÓRIA

O Vitória atropelou novamente o Ventspils no segundo encontro entre as equipas, tendo garantido a presença no play-off da Liga Europa com o resultado mais volumoso do seu histórico europeu com 76 jogos.

O 6-0 aplicado esta tarde à equipa letã bateu os anterior registo de 4-0, conseguido frente ao Rijeka, na época 2013/14, e à Jeunesse Esch, na eliminatória anterior deste percurso, até agora, imaculado.

Mesmo com algumas desconcentrações defensivas que poderiam ter custado o primeiro golo sofrido nesta época, a equipa de Ivo Vieira foi novamente muito superior ao Ventspils e poderia ter marcado ainda mais golos, sobretudo na última meia hora de jogo – a organização defensiva dos letões praticamente não existiu nesse período, limitando-se, várias vezes, a apenas quatro jogadores.

Depois de ter chegado ao intervalo a vencer com um golo de Davidson, aos 28 minutos, o Vitória ampliou a vantagem com um disparo de Rochinha ao ângulo superior esquerdo, aos 48. O extremo bisou aos 58, num lance em que teve tempo para tudo.

Perante um Ventspils a roçar a anarquia, o Vitória criou mais de uma dezena de ocasiões de golo nos últimos 30 minutos e concretizou três, por João Carlos Teixeira, num remate de longe (79 minutos), por João Pedro, num desvio na pequena área (80), e por Pepê (86),  após tabela à entrada da área.

 

Satisfeito com o resultado, Ivo Vieira pede mais equilíbrio

Após o encontro, o treinador vitoriano mostrou-se feliz com o resultado atingido e com a atitude competitiva dos seus jogadores, mas frisou que a sua equipa pode ser melhor no capítulo defensivo. “Podemos ser melhores nos vários momentos do jogo. O restucado espelha uma diferença muito grande, mas a nossa organização defensiva poderia ter sido melhor. Falo do jogo em termos táticos, não do comportamento dos atletas, que foi fantástico, mas temos de ser mais equilibrados”, disse.

Ivo Vieira realçou o mérito da sua equipa em levar para o campo a superioridade teórica que detinha sobre o Ventspils e voltou a defender que era importante para o Vitória jogar ao fim de semana e a meio ao longo da época -seria sinal de que chegaria à fase de grupos. O madeirense, de 43 anos, disse ainda não ter preferência quanto ao adversário do play-off: Mladá Boleslav e Steaua de Bucareste decidem a eliminatória esta quinta-feira, na República Checa, após o 0-0 da primeira mão.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?