fbpx

LIGA PORTUGAL:”ESTES ATOS ENVERGONHAM O FUTEBOL E A DIGNIDADE”

© Liga Portugal

“A Liga Portugal não pactua, nunca o fará, com atos de racismo, xenofobia, intolerância e qualquer outro que coloquem em causa a dignidade dos futebolistas, agentes ou, apenas, do ser humano”, lê-se num comunicado emitido pela Liga na sequência dos cânticos racistas que levaram Marega a abandonar o jogo entre Vitória e FC Porto aos 72 minutos. O organismo reitera que ainda que “os valores do futebol não são compatíveis com o que se passou na noite de hoje no estádio do Vitória Sport Clube em que um atleta não suportou mais os insultos que estava a ser alvo e optou por abandonar o jogo “

A entidade prossegue, salvaguardando que “a grandeza da instituição Vitória Sport Clube não deve ser confundida com as atitudes de alguns adeptos que não têm lugar no futebol e no desporto”. ” Estes atos envergonham o Futebol e a dignidade humana”, lê-se.

No final do jogo, Miguel Pinto Lisboa, presidente da SAD, referiu que, se houve cânticos racistas, então a função do árbitro seria parar o jogo. “Não podemos promover essas situações. Se aconteceu, temos de tomar medidas”, apontou. Miguel Pinto Lisboa relembrou ainda que o Vitória “é um clube que tem na sua génese a igualdade de raça. O nosso embaixador é de Cabo Verde”, disse, referindo-se a Neno. O presidente vitoriano sugeriu ainda um “trabalho em conjunto” entre clubes e o Ministério da Administração Interna para que “o fenómeno do futebol volte a ser um espetáculo para ter mais pessoas no estádio”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

SUBSCRIÇÃO GRÁTIS

RECEBA O JORNAL MAIS GUIMARÃES

NO SEU EMAIL

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?