LUÍS CASTRO: “TEMOS 17 FINAIS PELA FRENTE PARA ATINGIRMOS O NOSSO OBJETIVO”

O treinador do Vitória, Luís Castro, fez esta quinta-feira, ao final da manhã, a antevisão do jogo contra o Benfica, marcado para sexta-feira à noite (21h15), no D. Afonso Henriques.

O técnico garante que a sua equipa vai a jogo “fortalecida”, com os regressos de Tozé, apoós castigo, e de André André, após lesão. “Quantos mais jogadores estiverem disponíveis, melhor para nós. Temos 17 finais pela frente para atingirmos o nosso objetivo”, afirmou.

Luís Castro vai apresentar mexidas no onze que perdeu na terça-feira, por 0-1, diante do mesmo Benfica, em partida a contar para os quartos de final da Taça de Portugal. “Somos capazes de apresentar algumas nuances, pelas características do jogo. Algumas coisas são para manter, outras serão para alterar, para aproveitar alguns aspetos no adversário, assim como o Benfica vai tentar aproveitar em nós”, disse.

O duelo da passada terça-feira já faz parte do passado, mas fez questão de transmitir aos jogadores a desilusão pelo resultado: “o que disse aos jogadores é que estava desiludido com o que aconteceu no último jogo. A expetativa era grande. Queríamos o Jamor. Senti-me triste mas o futebol guarda-nos coisas boas após batalhas perdidas. A equipa esteve sempre desbloqueada ofensivamente, mas a vida é feita de eficácia. Ao longo do jogo senti que não houve eficácia no último terço. Com o aproximar da baliza adversária, os jogadores ficam mais ansiosos, mas devia ser o contrário. Temos que ter seriedade na hora da decisão”.

O Vitória, atual 5.º classificado na tabela classificativa da I Liga, encontra-se em igualdade pontual com Moreirense e Belenenses SAD, e procura somar o segundo triunfo consecutivo no D. Afonso Henriques.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?