MÁRCIO SILVA ABRIU O IV FIGG

A quarta edição do Festival Internacional de Guitarra de Guimarães (FIGG), abriu na sexta-feira, dia 22, com um concerto por Márcio Silva, às 19h00, no conservatório de Guimarães. Foi o pontapé de saída para um festival que se pretende que contenha mais do que apenas a música das guitarras que lhe dão origem.

Um momento do concerto de Márcio Silva na abertura do festival

A programação, que se estende de 22 de dezembro a 14 de janeiro, abarca concertos, masterclasses, o concurso própriamente dito, mas também conferências. Esta iniciativa está inserida na rota europeia no setor da guitarra clássica, através do apoio da Eurostrings, a primeira plataforma europeia no que toca a juntar festivais organizados nos diversos países.

Promovido pela Sociedade Musical de Guimarães-Conservatório de Guimarães, com o apoio do Município e do Programa Europa Criativa, da União Europeia, o IV FIGG decorrerá em diversos espaços emblemáticos da Capital Europeia da Cultura. Graças a este apoio da Eurostrigs o festival garantiu a presença de mais de uma dezena de pedagogos de renome internacional, oriundos de vários continentes.

Os 12 mestres de guitarra clássica que estarão no festival são: Judicael Perroy (França/EUA), Dejan Ivanovic /Bósnia-Herzegovina/Croácia/Porugal), Mak Grgic (Eslóvenia/EUA), Ricardo Barceló (Espanha/Uruguai), André Madeira (Portugal), Nicola Montella (Itália), Dmytro Omelchak (Ucrânia), Vedran Vujica (Bósnia-Herzegovina), Andrea Roberto (Itália), Peter Girán (Hungria), Antero Pellikka (Finlândia), Márcio Silva (Portugal).

Este concurso dá acesso a uma finalíssima europeia, entre os vencedores dos 14 festivais apoiados pela Eurostrings, a realizar em Abril, em Zagreb.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?