MONITORES DO CURTIR CIÊNCIA EM ESTUDO PUBLICADO EM JORNAL INTERNACIONAL

Que impacto podem ter as alterações sócio-ecológicas (climáticas, uso do solo, entre outras) no agravamento do impacto de um parque eólico sobre uma população de Alauda arvenses (ave característica das terras altas em Portugal)? Este é, em resumo, o tema de um estudo da autoria Daniel Ferreira e Cláudia Freixo, investigadores do Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães, que acaba de ser publicado no Journal of Environmental Management, um jornal de referência mundial nas áreas do desenvolvimento sustentável e das ciências ambientais.

No estudo, que conta também com a participação dos professores João Alexandre Cabral e Mário Santos, os autores criaram um modelo que permitiu avaliar a influência essa mesma influência. No âmbito do trabalho de campo foram igualmente estudadas algumas opções de aumento de produção de energia, para avaliar qual a alternativa que representa um menor impacto para esta espécie de ave.

Daniel Ferreira é biólogo e desempenha funções de monitor científico no Centro de Ciência Viva de Guimarães e colabora com o Laboratório de Ecologia Aplicada da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Tem dedicado parte da sua investigação ao impacto dos parques eólicos nas populações de morcegos e de certas aves em Portugal. Cláudia Freixo, além do Curtir Ciência, onde é Monitora Científica, desenvolve atividade com o Laboratório de Ecologia Aplicada e com o Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Ciências Biológicas da UTAD.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?