MUNICÍPIO ENTREGA CHAVES DE HABITAÇÕES A ONZE FAMÍLIAS

No ano de 2016, foram acolhidas 32 famílias em alojamento convencional e 9 em modalidade de Residência Partilhada.

A Câmara Municipal de Guimarães, através da empresa municipal CASFIG entregou hoje chaves de onze habitações a famílias vimaranenses, realojando 36 pessoas. Este ano a autarquia já entregou chaves a 41 famílias, mas ainda há cerca de mil pessoas à espera de uma casa nova. “Não tenho um número concreto, mas poderá andar à volta de mais de mil pessoas”, avançou Paula Oliveira, vereadora da Ação Social na câmara de Guimarães.

Neste momento a autarquia enfrenta um novo problema: mudou o perfil de quem procura habitação social. Até ao momento quem precisava destas casas normalmente vivia em habitações degradadas e não tinha condições para arrendar uma casa nova. Agora as famílias enfrentam mais dificuldades devido ao aumento do desemprego, vivem em habitações com condições, mas não têm possibilidade de pagar a renda e recorrem à habitação social. “Estamos a dar resposta às condições de habitabilidade degradada, mas há muitas pessoas que procuram porque não conseguem pagar as rendas, mesmo tendo o Subsídio Municipal ao Arrendamento”, acrescentou a vereadora.

Dez agregados familiares serão alojados em habitações convencionais, enquanto uma família unipessoal, masculina, irá residir em modalidade de residência partilhada. As habitações, que foram alvo de obras de requalificação, estão situadas em empreendimentos situados nas freguesias de Urgezes, Creixomil e Fermentões (Monte S. Pedro, Coradeiras e Mataduços).

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?