Notas sobre os resultados das Eleições Presidenciais

por Ana Amélia Guimarães Professora

1-Escrevo esta crónica no rescaldo dos resultados eleitorais. Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito à primeira volta, confirmando-se o espectável. Beneficiou, sobretudo, do apoio da «liberdade de voto» do PS e «da fabricação de um unanimismo ensaiado», amparado num posicionamento promovido e propagandeado metódica e continuadamente.

Veremos se Marcelo irá ou não exercer um segundo mandato com um alinhamento político em sintonia com os interesses e a agenda da direita da qual é fundador, interesses que nunca deixaram de estar presentes em importantes decisões adotadas no desempenho das suas funções.

Veremos também, na direita tradicional, até que ponto a sede de poder é mais forte do que os apregoados princípios da social-democracia e humanismo-cristão, e se esta se coligará a racistas, xenófobos, ignorantes rancorosos e outros delinquentes que lhes saíram da toca.

2-A subida do populismo «de direita extrema ou extrema-direita, consoante os dias», beneficia da crise da direita institucional que albergava parte significativa destes «portugueses de bem».

Sabemos todos que os tempos de crise, de desemprego e incerteza face ao futuro provocam o sono da razão, e que o sono da razão é aproveitado pelo sistema para gerar os seus cães de guarda. Estes putativos políticos antissistema, financiados amplamente pelos «donos disto», canalizam as frustrações dos mais fracos e vulneráveis para o seu discurso populista, binário, de «chico-esperto»…não é de agora.

3- O resultado eleitoral do nosso concelho, há que assumir e enfrentar, é semelhante ao de um qualquer concelho pobre e com baixa escolaridade do interior norte de Portugal…com uma pequena diferença, aqui é mais tipo: «posso dever ao fisco, mas o meu mercedes é maior que o teu e se estamos mal a culpa é dos ciganos e do estaline, Portugal olé».

5- Tenho orgulho em dizer que votei João Ferreira, uma candidatura que deu, como nenhuma, conteúdo e significado ao que a Constituição da República representa para Portugal. Todo o apoio que foi expresso a João Ferreira somará, sempre, para dar mais força à intervenção e à luta que temos pela frente.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?