Operação “Páscoa em Casa” está nas ruas. É proibido circular entre concelhos até segunda-feira

Motivos de saúde, trabalho ou de “urgência imperiosa” são as exceções às viagens inter-concelhias.

© CMG

Os portugueses estão confinados ao concelho de residência, exceto por motivos de saúde ou trabalho. As medidas de limitação à circulação no período da Páscoa enquadram-se no decreto do Governo de renovação do estado de emergência no país.

Ou seja, se reside no concelho de Guimarães não vai poder poder viajar para além dos limites concelhios até segunda-feira. No entanto, será permitida a deslocação entre concelhos de pessoas que estejam a trabalhar. Para o fazer, o trabalhador deve munir-se, neste período, de uma declaração escrita da entidade empregadora.

No entanto, quem não tiver uma entidade empregadora para justificar a passagem dos limites municipais — como é o caso “dos cuidadores informais, agricultores, comerciantes, empresários em nome individual ou trabalhadores por conta própria, em áreas essenciais em que o teletrabalho não seja possível” — deverá fazer a sua própria declaração, “sob compromisso de honra dizendo onde residem e onde trabalham”.

“Questões de saúde ou por outros motivos de urgência imperiosa” também figuram no leque de exeções, anunciou o Governo.

A PSP e GNR vão intensificar fiscalização nas estradas nos próximos dias. A segunda fase da operação “Páscoa em Casa” teve início às 00:00 de 09 de abril e vai durar até Às 24:00 de segunda-feira, 13 de abril.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?