Pedro Fernandes é um fenómeno nas pistas e na internet

O vimaranense Pedro Fernandes, ou BetoDH, como é conhecido na internet, é um verdadeiro caso de estudo. O sucesso nas provas de downhill mistura-se com a popularidade dos vídeos que publica na plataforma YouTube, onde é um exemplo para os mais novos.

Começou a praticar a modalidade em 2015 e em 2017 começou a participar em competições oficiais. Apesar da juventude [Pedro Fernandes tem apenas 20 anos], o vimaranense já consegue identificar o downhill como a modalidade que mais o apaixona, dentro do BTT, graças ao facto de “conseguir usufruir da bicicleta ao máximo”.

A modalidade já teve um impacto superior, mas, para Pedro Fernandes, a notoriedade está a voltar a crescer: “o downhill já foi uma modalidade muito mais conhecida e já teve mais atletas do que tem hoje em dia, por volta de 2016 alguns atletas começaram a abandonar a modalidade e o downhill ‘morreu’ muito. Felizmente, este ano, está a crescer e já faltou muito mais para voltar a ser o que era”, adianta o jovem vimaranense, que, à Mais Guimarães, pede a criação de mais competições e o aumento dos apoios por parte da Federação Portuguesa de Ciclismo.

O downhill desperta o interesse de muitos vimaranenses, sobretudo dos mais corajosos. Para Pedro Fernandes, há boas pistas em Guimarães, apesar de não serem “muito longas ou técnicas”. Em suma, a cidade berço pode ser o local ideal para quem se está a iniciar na prática da modalidade.

Quase 3 milhões de visualizações no YouTube

Pedro Fernandes aproveita o seu canal no YouTube para contar histórias. Histórias que percorrem estradas e montes, em aventuras sem fim. “O principal objetivo do meu canal é conseguir mostrar a toda a gente, sejam mais novos ou mais velhos, que o downhill não é uma modalidade como outra qualquer, para além da diversão que temos em cima da bicicleta ainda existem muitas aventuras que toda a gente devia experienciar ligadas a esta modalidade”, conta o jovem vimaranense.

No total são 2,7 milhões de visualizações, em seis anos de canal. Os números trazem uma responsabilidade acrescida para alguém que já influencia um público muito jovem. “Uma que grande parte das pessoas que me veem são miúdos mais novos, que estão a começar na modalidade, é preciso dar o melhor exemplo”, conta o já famoso BetoDH, que, apesar da sua tenra idade, já é capaz de dar conselhos a quem está a começar: “nunca se focar simplesmente na competição e perceber que o downhill é muito mais do que isso. Usar sempre proteções e divertir-se em cima da bicicleta”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?