CarClasse
CarClasse
Plano de mobilidade na circular urbana prevê eliminação da rotunda do Salgueiral

O plano de alteração de trânsito na zona do Salgueiral prevê a eliminação da rotunda junto ao drive e a criação de duas novas rotundas para que haja menos acumulação de trânsito automóvel.

© Rui Dias

O plano de mobilidade prevê seis momentos de intervenção em diferentes locais, nomeadamente no Salgueiral, na circular urbana e junto à rua Manuel Tomás. Este plano, apresentado na reunião de câmara desta segunda-feira, dia 25 de março, foi submetido à Infraestruturas de Portugal para validação. Domingos Bragança, presidente do município de Guimarães, espera que o projeto esteja pronto antes das férias de verão.

De acordo com Joaquim Carvalho, diretor municipal de Intervenção no Território, Ambiente e Ação Climática, “a primeira solução, que apontava para o desnivelamento da rotunda do salgueiral, não era viável”, pelo que as equipas técnicas da Câmara Municipal de Guimarães, equipas externas e a Infraestruturas de Portugal (IP) desenvolveram um novo projeto.

No estudo, as equipas envolvidas encontraram “uma acumulação muito grande de trânsito na rotunda do Salgueiral e na saída do nó”, pelo que projetaram um novo plano que prevê “transformar de um modo significativo o fluxo rodoviário (da zona do Salgueiral), o que não se fara só na rodovia de Covas no sentido da circular urbana, mas terá outros trajetos que transfiguram esta zona da cidade”, aponta Joaquim Carvalho.

Os trabalhos de requalificação da mobilidade urbana envolvem seis momentos de intervenção em seis locais diferentes, pelo que as obras serão feitas de forma faseada.

No sentido de “evitar as viragens à esquerda”, o primeiro momento de intervenção visa diminuir o constrangimento automóvel causado pela entrada no Mcdrive, onde se prevê uma faixa de acesso a esse local, o que “desanuvia essa zona de trânsito”, frisa o diretor municipal.

O segundo momento passa por eliminar a rotunda do Salgueiral, com o objetivo de haver um cruzamento que não permite viragens à esquerda. Dessa forma, os automobilistas que venham da zona de Covas e queiram virar à esquerda para o Salgueiral, terão de seguir em frente e contornar uma rotunda, e quem vier do centro de Guimarães e quiser ir ao Mcdrive, terá de contornar a rotunda de Covas. O objetivo é que o “fluxo de trânsito se faça de forma mais consistente e fluida”, aponta Joaquim Carvalho.

© CMG

Prevê-se a construção de uma nova rotunda na zona do Mercadona, nas imediações da Rua Manuel Tomás, num terceiro momento. O estudo verificou que “a acumulação de trânsito tem muito a ver com o semáforo (nessa zona)”, pelo que, de acordo com o diretor municipal, a construção dessa rotunda diminuirá o trânsito.

Num quarto momento, está prevista a construção de uma outra rotunda junto à Cruz de Pedra (pela zona de quem vem do Salgueiral pelo viaduto da circular urbana), em que o objetivo é aceder à faixa descendente da circular urbana por uma via de aceleração.

Numa quinta fase, o plano antevê a criação de uma faixa de aceleração na entrada da variante de Creixomil para a circular urbana, para que “os carros entrem de modo suave”, indica Joaquim Carvalho.

Já no último momento, o projeto prevê criar uma saída da circular urbana até à rotunda junto ao pavilhão Multiusos, permitindo que quem saia do Salgueiral, não tenha de ir à rotunda junto ao drive.

Relativamente à entrada para o hospital da Unidade de Saúde Local do Alto Ave, Joaquim Carvalho refere que “está em fase de discussão porque não é uma situação fácil.”

Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, acredita que este projeto de alteração de trânsito “irá resolver a mobilidade na circular urbana, na rotunda do Salgueiral e na zona da rua de Manuel Tomás”, e espera que o projeto esteja pronto antes das férias de verão para lançar a obra a concurso.  O edil apontou, ainda, que não está projetado qualquer valor sem o projeto pronto.

Já Ricardo Araújo, vereador eleito pela coligação “Juntos por Guimarães”, crê que o estudo destas soluções “é fundamental para problemas que temos vindo (a oposição) recorrentemente a falar ao nível da acessibilidade e da mobilidade no concelho de Guimarães.”

O social-democrata aponta ainda que “as soluções apresentadas parecem ser interessantes, há alguns aspetos que precisam de analise mas apontam para caminhos interessantes, nomeadamente na saída para cova na rotunda do Salgueiral, não sendo possível o desnivelamento.”

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES