Prémio de História Alberto Sampaio aceita candidaturas até 31 de maio

As candidaturas ao Prémio de História Alberto Sampaio, instituído na Academia das Ciências de Lisboa, pelos Municípios de Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão e pela Sociedade Martins Sarmento, decorrem até 31 de maio.

O prémio, promovido para homenagear a vida e obra do historiador português Alberto Sampaio e incentivar o estudo e a investigação histórica em Portugal, destina-se a galardoar, com um valor monetário de seis mil euros, um estudo de investigação histórica, no âmbito da história económica e social portuguesa, ou no âmbito de outros domínios historiográficos associados ao legado de Alberto Sampaio.

Os estudos concorrentes, a enviar para a Academia das Ciências de Lisboa até 31 de maio de 2021, podem resultar ou ter por base trabalhos académicos, nomeadamente dissertações de mestrado ou teses de doutoramento, desde que respeitem o regulamento, disponível para consulta no portal do município famalicense, aqui, e onde podem ser consultadas as condições detalhadas de participação.

Os estudos devem ser inéditos, em língua portuguesa, com uma extensão compreendida entre 20 mil palavras e 40 mil palavras.

Em 2020, o Prémio de História Alberto Sampaio foi arrecadado por Alice João Palma Borges Gago, Mestre em História Medieval pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com o trabalho “Gentes do Norte pela própria voz. Arquivos de Família da Região de Guimarães – Porto, séculos XV-XVII”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?