PRÉMIO VIVER EM IGUALDADE ATRIBUÍDO À CÂMARA DE GUIMARÃES

Domingos Bragança destaca que Guimarães afirma-se como uma referência no trabalho desenvolvido na área social.

 

 

 

O Município de Guimarães foi distinguido com o Prémio Viver em Igualdade 2018, numa sessão que decorreu esta quarta-feira, 24 de outubro, em Lisboa, com a presença de Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade e ainda Teresa Fragoso, Presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. Em representação da Câmara de Guimarães esteve a Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira.

Entre 24 candidaturas apresentadas, Guimarães foi um dos cinco Municípios distinguidos, no âmbito da iniciativa bienal promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG). Este prémio visa distinguir Municípios com boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não-Discriminação, quer na sua organização e funcionamento, como nas atividades por si desenvolvidas.

“O trabalho desenvolvido pelo Município de Guimarães tem sido inexcedível no que diz respeito à aplicação de boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género e Cidadania, decorrentes das atividades promovidas pela Divisão da Ação Social, através do Espaço Municipal para a Igualdade. Este Prémio acaba por ser o reconhecimento de um trabalho em rede, envolvendo as instituições sociais do concelho. É um prémio de todos os vimaranenses que se dedicam às causas sociais. Além da referência histórica, cultural e de património, Guimarães também é uma referência no capítulo social face o trabalho desenvolvido e onde revela uma atenção especial com os seus concidadãos”, salientou o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança.

Nesta quarta edição, cinco Municípios receberam o Prémio Viver em Igualdade (Guimarães, Cascais, Lagoa, Oliveira de Azeméis e Seixal), enquanto dez receberam Menções Honrosas. O Município de Guimarães é o único da região Minho a ser distinguido com este prémio.

A Câmara Municipal de Guimarães comprometeu-se com o desenvolvimento de um trabalho efetivo neste domínio, com um gabinete estrategicamente criado para a promoção da Igualdade de Género e intervenção na Violência Doméstica e de Género – designado por Espaço Municipal para a Igualdade. Este compromisso culminou, recentemente, num investimento profundo de elaboração do Plano Municipal para a Igualdade de Género do Concelho de Guimarães (2018-2021), que será agora implementado.

Com este compromisso e ações, “pretende-se que, no concelho de Guimarães, todas as pessoas tenham condições para tomarem opções na sua vida pessoal e profissional, sem constrangimentos baseados em estereótipos de género, e que homens e mulheres, na sua participação coletiva na sociedade, tenham o mesmo nível de decisão e de reconhecimento”, salientou a vereadora da Ação Social, Paula Oliveira.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?