PROFESSOR DA UNIVERSIDADE DO MINHO PREMIADO NA CHINA

Artur Cavaco Paulo, professor da Universidade do Minho, acaba de ser distinguido com o Jiangsu Friendship Award, pelo seu trabalho em prol do desenvolvimento da província de Jiangsu, na China. O galardão valoriza também a colaboração no Laboratório Internacional de Investigação em Têxteis e Bioprocessos em Fibras, envolvendo em particular as universidades do Minho e de Jiangnan, no este asiático.

Artur Cavaco Paulo a receber o prémio. (Foto: Universidade do Minho)

“É mais um reconhecimento da excelência da ciência produzida no Minho e em Portugal”, afirma Artur Cavaco Paulo. Este é o principal galardão que o Governo de Jiangsu, uma região de 75 milhões de habitantes, atribui anualmente a estrangeiros, pelos seus contributos excecionais para o desenvolvimento local e para o intercâmbio e cooperação na economia, ciência e cultura.

Natural de Beja, Artur Cavaco Paulo fez a licenciatura em Química pela Universidade de Lisboa, o mestrado em Tecnologia Têxtil e o doutoramento em Engenharia – ramo Química Têxtil, ambos na UMinho, na qual leciona desde 1990, é professor associado com agregação da Escola de Engenharia e, ainda, coordenador do Grupo de Investigação em Bioprocessos e Bionanotecnologia do Centro de Engenharia Biológica.

Já recebeu o prémio “Estímulo a Excelência” do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em 2005 e lidera diversos projetos de investigação nacionais e internacionais. Cofundou a International Network on Polymer and Fiber Biotechnology e é  membro da Society of Dyers and Colorists (Reino Unido) e da Cell Division of American Chemical Society (EUA), entre outras. Tem cerca de 300 artigos científicos publicados e está no conselho editorial das revistas “Coloration Technology” e “Biocatalysis and Biotransformations”.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?