PROGRAMA ABEM CHEGA A 600 MUNÍCIPES

Aprovado, em reunião de câmara, o protocolo entre a Câmara Municipal de Guimarães e a Associação Dignitude. O programa ABEM apoia 600 munícipes, que não terão de gastar dinheiro em medicação prescrita.

© Mais Guimarães

O executivo municipal aprovou, durante a reunião de câmara desta segunda-feira, o reforço do número de cartões a atribuir este ano ao abrigo do programa ABEM: Rede Solidária do Medicamento. O protocolo aprovado, em cooperação com a Associação Dignitude, prevê o apoio a 600 munícipes. “Estamos a falar de famílias que não têm os recursos económicos para a aquisição de medicação com prescrição médica e com uma comparticipação do Estado, mas o restante não é assumido. “O município contempla, na íntegra, esta comparticipação”, explicou a vereadora da Ação Social, Paula Oliveira. Com o ABEM, os cidadãos abrangidos pelo programa poderão usufruir de medicação completamente gratuita nas farmácias aderentes. “Sabemos que, quando temos famílias com parcos recursos, infelizmente muitas das vezes parte do orçamento é para a aquisição de medicamentos. Neste momento, correspondemos a todos os pedidos que deram entrada no município”, garantiu a vereadora.

O programa “tem a durabilidade de um ano” e poderá ser renovado “se se mantiverem as condições socioeconómicas da família, quer cartões que iriam expirar este ano e pedidos efetuados de novo”. Paula Oliveira frisou ainda que “não existe um plafond”; ou seja, “independentemente da quantia que as famílias possam gastar no final do mês”, a medicação é sempre gratuita. A comparticipação fica a cargo do Fundo Solidário ABEM, sendo que o município contribui com 100 euros anuais por beneficiário. Assim, o subsídio aprovado em reunião camarária é de 60 mil euros.

Em 2018, ficou determinada a atribuição do cartão a 100 pessoas, um número que subiu para 600 em 2020. De acordo com a informação do município, presente na agenda da ordem de trabalhos, registam-se “mais de 300 pedidos em lista de espera, tornando-se necessário, no decorrer do presente ano, proceder à renovação de um conjunto de cartões anteriormente emitidos”.  

Recorde-se que, em dezembro do ano passado, a rede ABEM instituiu a campanha “Dê Troco a Quem Precisa”. Em Guimarães, foram seis as farmácias aderentes. Nesse caso, o troco das compras efetuadas em farmácias poderia ser doado e revertia, na sua totalidade, para a aquisição de medicamentos para os beneficiários abrangidos pelo programa.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?