PSD Guimarães exige “apuramento de todas as responsabilidades” pelos incidentes no centro histórico

“Atentos os gravíssimos e selvagens atos de violência” ocorridos no centro histórico na passada noite de terça-feira, também os membros da comissão política do PSD de Guimarães emitiram um comunicado no qual dizem censurar as “condutas criminosas, que colocaram em sério e real perigo a vida e integridade física da vários vimaranenses, incluindo crianças”.

© Direitos Reservados

O partido, encabeçado por Ricardo Araújo, condena a “a inusitada ausência de qualquer resposta pronta e imediata por parte das forças de segurança, o que sinaliza que o cenário vivido não foi antecipado pelas autoridades públicas, nomeadamente, por parte da PSP e do Sr. Presidente da Câmara Municipal, enquanto responsável máximo da proteção civil e do conselho municipal de segurança, o que não se compreende e não se aceita porquanto, nas últimas semanas, tudo apontava para o risco sério disto suceder, até porque os adeptos em causa estão referenciados em toda a Europa”.

Considerando “inadmissível os comerciantes terem de encerrar os estabelecimentos, por não serem
asseguradas as condições de segurança e ordem publica por parte das entidades responsáveis”, a concelhia diz ser de extrema importância exigir o apuramento de todas as responsabilidades, “responsabilizando-se quem tiver de ser responsabilizado” de forma a que “episódios gravíssimos como estes não se voltem a repetir”.

Além disto, enaltecem que o “bom nome de Guimarães não pode continuar a ser associado a fenómenos de violência, que nada têm a ver com o Bairrismo dos vimaranenses e com a paixão ao principal Clube da
nossa Terra”.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?