Região: PSD acusa Governo de ignorar investimentos na Póvoa de Lanhoso

Os deputados do PSD eleitos pelo distrito de Braga criticam o Governo nas opções políticas para com o concelho da Póvoa de Lanhoso, “ao não cumprir com a sua função de promover a coesão territorial e social, através da comparticipação de investimentos essenciais”. 

© Direitos Reservados

Numa pergunta à ministra da Coesão Territorial, esta quarta-feira, os deputados questionam a indiferença do Governo perante os municípios, designadamente a Póvoa de Lanhoso, nos domínios das infraestruturas (rede viária, sistemas de abastecimento de água, saneamento básico e habitação), educação (reforço de equipamentos tecnológicos e de conetividade) e ambiental. 

Os deputados referem que, entre finais de 2017 até março de 2021, “a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso territorializou apoios no valor de 9.633.320,27 euros, através de candidaturas aprovadas a instrumentos de financiamento comunitários e nacionais. Este valor permitiu alavancar um investimento total de 12.853.505,22 euros.”

“Assim, é com alguma angústia, que verificamos que apesar de todo o esforço e dinâmicas do município da Póvoa de Lanhoso, que muitas vezes vão muito para além do que são as suas competências, este não se revê nas opções do Governo, sem qualquer ação compensatória e que contribua para a coesão territorial e social”, apontam.

Neste sentido, o PSD questionou que medidas vai o Governo tomar para compensar as autarquias, “para evitar a perpetuação da situação, atendendo que com a grave vaga da pandemia que ocorreu em janeiro e fevereiro do presente ano, os municípios viram-se obrigadas a fazer mais investimentos para garantir as aulas não presenciais”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?