RITA MIRANDA

Nome completo
Rita Miranda Pereira

Nascimento
08 de março de 1996, Guimarães

Profissão
Estudante

Depois de representar a cidade-berço em Ibiza, no Encontro de Jovens Embaixadores de Cidades Património da Humanidade, a vimaranense Rita Miranda esteve, na semana passada, a representar a região Sul da Europa e Mediterrâneo no II Encontro Mundial de Jovens Embaixadores da OCPM – Organização das Cidades Património Mundial, em Cracóvia, na Polónia. Para a jovem de 23 anos, estas suas últimas conquistas devem-se ao seu bairrismo fervoroso pela cidade.

“A minha ligação a esta cidade é muito forte”

Nascida em Guimarães, as primeiras palavras de Rita Miranda ao recordar-se dos 23 anos passados na cidade-berço são comuns a qualquer vimaranense: “sempre fui muito bairrista, vitoriana igualmente”, começou por explicar. “A minha ligação a esta cidade é muito forte. Também por causa da minha família, que sempre foi daqui e o meu avô sempre esteve muito ligado à história da cidade, pois pertenceu à Unidade Vimaranense. Tudo levou a que tivesse um bairrismo muito especial”, apontou.

Foi esse bairrismo especial que a levou mais longe nestes últimos meses. Rita Miranda candidatou-se em março para ser a jovem embaixadora que iria representar Guimarães em Ibiza, no Encontro de Jovens Embaixadores de Cidades Património da Humanidade. “Tudo começou em março. A Câmara Municipal e os jornais de Guimarães lançaram a notícia de que estavam à procura de um jovem para representar Guimarães num encontro de jovens embaixadores. Enviei a minha candidatura, que era o meu currículo e uma reposta pergunta ‘o que posso fazer para defender o património da minha cidade?’. Acabei por enviar, com a ideia de que o que importa é participar, sem nenhuma expetativa de ser escolhida. No meu dia de aniversário, recebi o email a dizer que tinha sido escolhida e fiquei muito surpreendida”, revelou.

Com a sua apresentação preparada, seguiu para o leste de Espanha onde deu a conhecer esse bairrismo especial, identidade forte e sentido de pertença, que apenas os vimaranenses conhecem. De facto, a paixão pela cidade valeu um bilhete à jovem de Guimarães para chegar mais longe. “Lá havia a oportunidade de uma pessoa ser escolhida para representar todos os jovens embaixadores da região da OCPM, em que está incluído Guimarães, e, dentro dos que estavam presentes, fui a selecionada, mas não estava nada à espera, pois já era muito bom ter chegado até ali”, disse.

Seguiu então para a Cracóvia, para o II Encontro Mundial de Jovens Embaixadores da OCPM, onde representou a região Sul da Europa, em que o foco continuou a ser “Comunidades e Visitantes, uma responsabilidade partilhada”. “Espero estar no próximo congresso, que será daqui a dois anos”, sublinhou.

Atualmente, Rita Miranda frequenta o Mestrado na Universidade do Minho, em Património Cultural. Embora no início da sua jornada académica tenha pensado em seguir comunicação, acabou por seguir a área da cultura e dos estudos culturais, percebendo depois que o lado da defesa do património e do turismo era mais cativante.

As últimas experiências desta vimaranense têm-lhe dado garantias de que está no caminho certo. “Estou a gostar de conhecer pessoas de todo o mundo e conhecer pontos de vista diferentes. Mas, principalmente, estou a gostar deste lado das organizações governamentais e das legislações para o património e proteção. São áreas que me atraem imenso e que me estão a encantar. E claro, quero defender Guimarães, porque é a minha cidade favorita”, sublinhou.

Outra das paixões da vimaranense é a dança e, atualmente, dá aulas a crianças.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2019 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?