CarClasse
CarClasse
RoboParty: Uma forma “divertida” de aprender a construir robôs

O campus de Azurém da Universidade do Minho recebe, entre esta quinta-feira, dia 21 de março, e o próximo sábado, dia 23 de março, a RoboParty, um evento de robótica e informática. Entre três dias, a instituição minhota acolhe cerca de 450 jovens.

© Leonardo Pereira/ Mais Guimarães

No total estarão em prova 111 equipas provenientes de vários pontos do país, de Espanha e do Brasil. Após a construção do robô, os participantes submeterão o seu projeto a quatro desafios.

Segundo Fernando Ribeiro, professor do Laboratório de Automação e Robótica da Universidade do Minho, o objetivo deste evento passa por “os alunos aprenderem a construir um robô de forma divertida e saírem daqui satisfeitos. Aqui dão os primeiros passos em robótica, mecânica e informática e colocarão o seu robô a funcionar, podendo levá-lo para casa.” Além disso, o evento, que se realiza desde 2007 na academia minhota, visa responder às dúvidas dos alunos sobre curso a seguir no ensino superior.

© Leonardo Pereira/ Mais Guimarães

Além da criação de um robô, o evento contará com várias atividades lúdicas e desportivas, tal como música, basquetebol, ténis de mesa, xadrez, tiro com arco, treino funcional, peddy paper e a atuação das tunas Tun’ Obebes (Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho) e a Tuna Afonsina (Tuna de Engenharia da Universidade do Minho).

Depois do robô ser criado, terá de cumprir quatro desafios, nomeadamente um percurso de obstáculos, em que o projeto terá de concluir um labirinto sem chocar com as margens, um desafio de corrida, em que o robô terá de seguir uma linha preta no menor tempo possível, o “fun challenge”, que se trata de um jogo de ténis de mesa entre robôs e, por fim, uma prova de dança, em que os jovens terão de embelezar o seu projeto e programá-lo para fazer uma coreografia.

A edição da RoboParty deste ano contará com algumas novidades, tal como demonstrações dos robôs Charmie e Futebolistas, o lançamento do novo botnroll, formações acreditadas para os professores MatLab e Simulink e programação do botnroll em Python.

Na abertura da RoboParty, Adelina Paula Pinto, vice-presidente da Câmara Municipal de Guimarães, enalteceu a presença de centenas de jovens estudantes em Guimarães, bem como a “ligação da Universidade do Minho às escolas básicas e secundárias. É importante mantê-los (aos jovens alunos) ocupados aqui, para que percebam a robótica e o que sairá dali, porque um robô pode tratar muitas questões.”

© Leonardo Pereira/ Mais Guimarães

A vinda de centenas de jovens de vários pontos do território nacional e também de outros países “ajuda-os a crescer muito. Uma das minhas preocupações é que consigam ser devidamente estimulados para conseguirem tomar a melhor decisão, porque se entrarem no curso certo, vão ser mais felizes e ter mais sucesso”, referiu ainda a vice-presidente do município de Guimarães.

A sessão de abertura do evento também contou com a presença de Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, e Pedro Arezes, presidente da Escola de Engenharia da instituição.

Além de participarem equipas de vários locais do país, também competem oito equipas estrangeiras, quatro do Brasil e mais quatro de Espanha. Tânia Moreira Xavier é professora do Colégio Marista Alexandre Fleming, escola localizada no Mato Grosso do Sul, no Brasil, e considera que esta “é uma experiência fantástica, tivemos nove horas de voo para ter esta experiência e os jovens estão a adorar. Quando vamos para outros países participar em provas destas, o conhecimento é imenso e, quando eles voltam, ficam com uma bagagem muito grande.”

© Leonardo Pereira/ Mais Guimarães

Tânia Xavier Moreira acrescenta que a expetativa da sua equipa “está em alta. Decidimos vir para os alunos terem esta experiência fora do país e estão desesperados para colocarem o robô a competir.”

A professora aponta ainda que a prova é importante para que alguns alunos percebam a área que querem seguir no futuro. A docente frisa que alguns alunos “estão indecisos, apenas o mais novo esta encaminhado porque, para ele, é maravilhoso construir maquinas e montar projetos.”

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES