R&U Atelier doa 500 máscaras à Polícia de Segurança Pública (PUB)

A R&U Atelier, empresa de arquitetura e design de interiores situada na Av. D. João IV, em Guimarães, doou 500 máscaras à Polícia de Segurança Pública (PSP).

“Nós falámos com o presidente do Sindicato dos polícias porque vimos uma reportagem na qual ele se mostrava indignado pela PSP não ter sigo considerada uma entidade com prioridade para a obtenção desses equipamentos”, começa por referir João Durão, responsável da empresa, ao Mais Guimarães. “O Sindicato achou por bem fornece-las ao comando de Braga, que depois faria a distribuição para onde houvesse mais necessidade”, disse.

Produção de 10.000 máscaras por semana

A pandemia de Covid-19 fez a R&U Atelier mudar o foco. Com o negócio principal praticamente parado, João Durão e a sua equipa passaram a produzir máscaras e cógulas, para que estas possam chegar aos profissionais de saúde. “Começámos a produzir e a contactar unidades hospitalares. Enviámos algumas amostras de máscaras e cógulas e começámos a ter encomendas”, explica o portuense, residente na cidade berço.

Neste momento a R&U Atelier produz, semanalmente, 10.000 máscaras e 3.000 cógulas. “Estamos também a comercializar a nível particular, até porque os preços estão altíssimos. Resolvemos então fazer a um preço praticamente de custo. A ideia não é ter lucro, mas sim manter a empresa a laborar. Há clientes que nos pedem cinco, dez, quinze…”, refere João Durão.

À espera do certificado do INFARMED

A empresa vimaranense inscreveu-se no Serviço Nacional de Saúde como possíveis fornecedores deste tipo de equipamentos (EPI). “Temos já o contacto feito com o CITEVE, que vai fazer um relatório para enviar para o INFARMED. A matéria-prima já está certificada, mas irão ver outros pormenores, para que então possam ser distribuídas para as farmácias”, conclui o responsável.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?