Sá Pinto explicou festejos na bancada afeta ao Vizela

O treinador do Moreirense, após as emoções vividas dentro das quatro linhas, explicou os motivos que o levaram a festejar o sucesso junto da massa adepta vizelense.
“Sou uma emocional. Tenho respeito por toda a gente, gostos das gentes de Vizela, mas há uma coisa que me deixa triste. Podemos ser rivais, mas festejarmos os golos dos outros para descermos de divisão? Prefiro ter sempre o rival para estes dérbis. Não gostei como festejaram os golos contra nós. Emocionalmente não resisti, porque doeu-me. Não é nada contra Vizela e contra as pessoas de Vizela, até gosto de ir lá jantar e almoçar, mas não gostei. Como não gostei quando os nossos adeptos começaram com os olés”, justificou.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?