Sá Pinto: “Seria uma grande injustiça não acontecer a permanência”

Foto MFC

O Moreirense ainda alimenta o sonho da permanência e terá de vencer o Vizela e esperar que a concorrência escorregue. “A equipa tem apresentado bons níveis de confiança, não tem desistido. Tenho um grupo com uma mentalidade forte e um espírito vencedor grande”, lembrou.

“Até ao lavar dos cestos é vindima. Não vamos parar. O espírito está no ponto, a equipa bem preparada física e mentalmente. Sabemos que nos espera um adversário difícil e um grande dérbi. Temos de ter cuidado com os elementos da frente, que me parecem os jogadores mais determinantes”, acrescentou.

“Espero que sejamos felizes como fomos no primeiro. Só esse resultado nos interessa. E esperar que o Tondela não ganhe para darmos continuidade à nossa luta. Seria uma grande injustiça não acontecer a permanência”, concluiu.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?