Steven Vitória: “Um mês de preparação vai ter de ser suficiente”

Defesa do Moreirense participou numa videoconferência organizada pelo clube. E elogiou o crescimento do emblema nos últimos anos.

© Liga Portugal

O Moreirense volta aos treinos, de forma individualizada, na próxima segunda-feira (dia 04). E isso, para Steven Vitória, representa “um passo em frente”. Ainda que de forma “muito diferente”, o defesa do clube vimaranense considera que voltar a treinar “no campo” permite uma evolução nas rotinas dos atletas. Quando a um eventual regresso do campeonato português (apontado para o final de maio, mas à espera da aprovação da Direção-Geral da Saúde), o atleta disse, numa videoconferência organizada pelo Moreirense, que “um mês [de preparação] vai ter de ser suficiente”. Ainda assim, ressalvou: “Não sei se conseguiremos voltar ao nível em que estávamos.” “É uma situação à qual vamos ter que nos adaptar”, acrescentou.

O balanço da presente época é “bastante positivo”, apesar da interrupção causada pela pandemia da covid-19: “poder ajudar” com quatro golos é bom, mas em primeiro plano, para o jogador, está o coletivo. Questionado sobre não ter sido a principal escolha de Ricardo Soares na segunda volta, Steven Vitória respondeu com uma abordagem mais otimista: “É um facto. Mas refiro que o Moreirense está bem e, assim sendo, também estou bastante bem. Prometo fazer o que faço sempre. O Moreirense está bem dentro dos seus objetivos e isso é motivo para me deixar feliz e para dar sempre o melhor para ajudar.”

Quanto ao crescimento do Moreirense nos últimos anos, Steven Vitória referiu que “não há segredos” para os frutos que, “mais cedo ou mais tarde vão aparecer”. “Nos últimos anos, o Moreirense tem estado muito bem. É um clube humilde, muito profissional e muito correto. Não me surpreende o sucesso que o clube tem tido”, disse. A construção da nova Vila Desportiva é “muito importante” para que os jogadores não tenham de se “deslocar sempre para fora”. “Vai ser muito mais fácil para toda a gente. Paramos para ver as obras, reparamos que está a ganhar mais cor”, disse.

E conquistar adeptos além-fronteiras também é algo que tem vindo a ser construído, pelo menos na sua perspetiva: no Canadá, o seu país de origem, “as pessoas passaram a seguir mais o clube”, disse. “Há muitos portugueses no Canadá que seguem o futebol português e o Moreirense. Espero poder ajudar o clube a ter mais apoio”, acrescentou.

Quanto a sonhos, Steven Vitória diz sentir-se “bem” aos 33 anos, mas apontou “querer sempre mais”. “Faltam alguns aninhos para parar. Tive a sorte de conquistar algumas coisas. Quero ajudar a equipa a ganhar e a ser feliz. Fazer o que mais gosto é ajudar o clube a ter sucesso e esse é o meu sonho.”

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?