Taipas aderiu à campanha “autarquias sem glifosato” da associação ambientalista Quercus

A Freguesia de Caldelas aderiu à campanha “autarquias sem glifosato” da associação ambientalista Quercus, colocando a saúde pública e o Ambiente em primeiro lugar ao comprometer-se a não usar de herbicidas à base da substância ‘glifosato’.

A Junta de Freguesia das Taipas, desde meados de 2018, que tem vindo a “utilizar alternativas ecológicas para o controlo de vegetação espontânea em zonas urbanas, de lazer e junto a estradas, em vez de herbicidas à base da substância ‘glifosato’. Tem-se optado por controlar as ervas espontâneas na maior parte dos casos, a monda manual – que permite a remoção das áreas ajardinadas apenas as espécies com características indesejadas – e a monda moto-manual e mecânica, através de pequenas motorroçadoras aplicáveis em bermas”, pode ler-se numa nota enviada às redações.

Em cada ano estão previstas 2 limpezas anuais, uma na Páscoa e outra antes do Inverno, na Vila de Caldas das Taipas, no entanto, por não se “utilizarem herbicidas e devido a condições atmosféricas propícias tem sido efetuados quatro cortes de vegetação espontânea”.

“Há ainda um caminho a percorrer na aceitação das ervas espontâneas pela população, num modo mais verde e ecológico dado que cada vez mais devem fazer parte da paisagem urbana”.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?