CarClasse
CarClasse
Um resultado que “se ajusta ao que foi o jogo”, diz Álvaro Pacheco

A equipa do Vitória empatou com o Portimonense ao final da tarde deste sábado, 17 de fevereiro, no Municipal de Portimão.

© Vitória SC

No rescaldo do jogo, o treinador do Vitória SC elogiou o empenho dos jogadores e relativizou as ausências forçadas de Borevkovic, Tomás Händel e Jota Silva.

“O resultado podia ter caído para qualquer lado”, disse Álvaro Pacheco. “Assistiu-se a um jogo repartido, com duas partes distintas. O Vitória SC teve o controlo do jogo e podia ter alargado a vantagem no primeiro tempo. Estivemos sempre por cima e, se tivéssemos aproveitado melhor as oportunidades criadas, teríamos ficado mais próximos do triunfo. Na segunda parte não tivemos o mesmo controlo e, por outro lado, o Portimonense fez valer a sua profundidade. Atendendo ao que fizeram as duas equipas, o empate acabou por se ajustar”, acrescentou o técnico.

Álvaro Pacheco disse ainda que a equipa queria “muito ter vencido, mas o campeonato faz-se por pontos e levámos daqui um”.

Questionado a comentar se a aproximação do jogo das meias finais da Taça de Portugal (ainda sem data definida) terá influenciado o rendimento da equipa, o técnico foi perentório dizendo que “Nada. O nosso único foco era o jogo com o Portimonense e conquistar os três pontos. Temos agora que perceber por que razão não conseguimos, sabendo que o nosso próximo jogo do campeonato será muito parecido com este. Temos de voltar às vitórias em nossa casa”.

O próximo jogo do Vitória é no sábado, dia 24, no estádio D. Afonso Henriques, frente ao Casa Pia.

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES