UMA HISTÓRIA QUE COMEÇA EM 1021

por MANUEL MIRANDA

É dado documentalmente comprovado que no território da atual freguesia de Mesão Frio existiu, pelo menos desde a alta idade média, uma “villa” que é, aliás, a primeira menção conhecida por nós áquilo que seria posteriormente a freguesia de Mesão Frio. É feita, esta menção, a 15 de maio de 1021 quando a Condessa de Mumadona vende a sua “villa margariti”, em cuja propriedade se encontraria já a igreja de S. Romão (padroeiro) de Mesão Frio.

Esta menção é o ponto de partida da história, da identidade e da matriz de um povo que construiu ao longo dos séculos uma comunidade ímpar e, nos nossos dias, uma freguesia capaz de honrar as suas origens, garantir o presente das suas gentes e trabalhar para um futuro ainda melhor daqueles e daquelas que representam a esperança desta terra, os mais jovens.

É uma freguesia que se estende desde o centro urbano do concelho (Avenida Rio de Janeiro e parte nascente do Parque da Cidade de Guimarães) até à sua extrema com o concelho de Fafe, na freguesia de Arões.

Esta extensão, que hoje é de 462 hectares povoados por cerca de 5 mil pessoas, e que se estende ao longo da antiga estrada nacional 101, permite encontrar uma freguesia de diversas identidades dentro da mesma.

É nesta envolvente que cresce, desde que há memória e registo, o número de habitantes desta terra e que nela constroem vida e família, presente e futuro.

Uma freguesia predominantemente urbana, com um interessante tecido empresarial e uma dinâmica comercial – nomeadamente ao nível da restauração – ímpar ao nível do concelho.

Empreendimentos como o Open Village e Mit Penha, são exemplos desta dinâmica.

O Monte e a capela de Santo Antonino, lugar mais alto da freguesia, são um espaço de eleição. É aqui que comemoramos no primeiro fim-de-semana de setembro de cada ano a romaria em honra do Santo Antonino, tradicionalmente participada por muitos dos nossos emigrantes.

A oferta educativa é referência pela positiva a nível concelhio, desde o pré-escolar, ensino básico, à escola EB 2, 3 + Secundário Santos Simões, são uma aposta determinante nas novas gerações e no empenho colocado na educação e formação das nossas crianças e jovens.

A aposta na saúde, qualidade de vida e bem-estar são outra grande prioridade. Da comemoração do Dia da Freguesia (15 de Maio) e do Dia do Idoso, ao trabalho diário no Centro de Convívio de Idosos, passando pelas aulas de ginástica rítmica dentro de sala e ao ar livre ao longo de todo o ano e pelo Dia da Saúde – na sede da Freguesia -, o esforço para manter Mesão Frio em Movimento é um exercício permanente e uma prioridade para o executivo desta Freguesia. A aposta nas provas de BTT (XCO e DHI), nos passeios de BTT e em outras competições trouxe à freguesia milhares de participantes e turistas, posicionando esta terra no panorama regional e nacional de várias competições.

E é assim que, entre o Monte Santo Antonino e a Montanha da Penha, virada para S. Torcato e envolvida já na malha urbana central de Guimarães, hoje se constrói a Freguesia de Mesão Frio.

Ser Presidente de Junta desta distinta freguesia é, acima de tudo, uma honra enorme e um sinal de confiança ímpar que os meus concidadãos me concederam. É, ao mesmo tempo, de uma exigência anormal e de grande empenho para quem não faz deste exercício a sua profissão mas antes um serviço à sua terra e às suas gentes. Um povo vivo e dinâmico, como este, merece e exige o melhor de cada um de nós. E é nossa obrigação estar preparados para os desafios do presente e capazes de dar um futuro à altura da nossa história.

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?