Uma teia de ecovias e ciclovias pelo concelho de Guimarães

Por Eliseu Sampaio,
Diretor do grupo Mais Guimarães

Foi apresentada esta segunda-feira, 29 de março, aos presidentes das juntas de freguesia, a proposta do município para a construção do percurso da ecovia do Rio Selho, desde a sua nascente, em Gonça, até Serzedelo. Um percurso que passará por 14 freguesias e uniões de freguesias, com a criação de pontos de interesse pelo caminho, fazendo ainda a ligação à Ecovia do Ave, apresentada em janeiro.

Quanto à Ecovia do Ave, que tal como percebe percorrerá as margens do nosso rio, terá 29 quilómetros de extensão, iniciando em Serzedelo e Ronfe, e terminando na outra extremidade do concelho, na União de Freguesias de Arosa e Castelões.

Guimarães projeta assim uma teia de ecovias e ciclovias que permitirão desfrutar das margens dos nossos rios, e deslocações, sobretudo de lazer, entre alguns dos pontos mais distantes do nosso concelho.

Recuamos um pouco e lembramos que, a 22 de setembro de 2018, foi inaugurada a primeira fase da Ecovia, com 16,5 km de percurso pedonal e ciclável e envolvendo área mais urbana, sobretudo entre Mesão Frio e Creixomil. A sua construção custou, na altura, cerca de 2,8 milhões de euros, com financiamento de 2,3 milhões de euros no âmbito do FEDER. Significando um custo de cerca de 500 mil euros aos cofres municipais.

Teremos de recuar, no entanto, até 24 de junho de 1999, cerca de vinte anos, para encontrar outro investimento significativo municipal nesta área, a reconversão em pista de cicloturismo da antiga linha de caminho-de-ferro, desativada desde 1986, no troço entre o lugar da Devesa em Mesão Frio e Fareja em Fafe. Diga-se que três anos depois de o município vizinho ter dado também esse passo.

Foi muito tempo sem investimentos claros nesta área. Guimarães desperta agora para a mobilidade em modos suaves e para o bem-estar dos cidadãos na fruição das maiores riquezas deste território.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?