Urgência de Obstetrícia do Hospital de Braga fechada no domingo por falta de médicos 

O serviço de urgência de Obstetrícia do Hospital de Braga estará encerrado, este domingo, 12 de junho. Em causa está a “falta de médicos para assegurar a escala”, explica o Sindicato Independente dos Médicos.

© Direitos Reservados

“Em vez dos necessários cinco médicos ginecologistas/obstetras, o Hospital de Braga tem apenas dois médicos na escala para o dia 12 de junho, quer de dia quer à noite”, refere o SIM em comunicado.

O sindicato adianta que na semana seguinte o cenário irá repetir-se, referindo que haverá “vários dias com a escala abaixo do número mínimo de médicos ginecologistas/obstetras necessários para um hospital de apoio perinatal diferenciado com mais de 2.500 partos anuais”.

No dia 18 de junho, salienta, “haverá novamente apenas dois médicos ginecologistas/obstetras escalados à noite, situação que inevitavelmente levará a novo encerramento da Urgência de Obstetrícia”.

Para o SIM, este é o “lamentável resultado da incapacidade do Governo em captar e fixar médicos no SNS [Serviço Nacional de Saúde], oferecendo-lhes condições de trabalho e remuneratórias adequadas ao seu nível de responsabilidade”.

A falta de médicos nos hospitais para assegurar o serviço de urgência estende-se a todo o país. Recorde-se que, ainda esta sexta-feira, de uma mulher grávida perdeu o bebé alegadamente por falta de obstetras no hospital das Caldas da Rainha.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?