Vacinação de professores e auxiliares adiada

Processo devia arrancar no próximo fim de semana.

© Direitos Reservados

A vacinação já decorria a um ritmo lento, mas a suspensão da administração vacina AstraZeneca vai atrasar ainda mais o processo.

Os professores e auxiliares do pré-escolar e 1.º ciclo contavam com a vacina já no próximo fim de semana, mas tal não irá acontecer, garantiu esta segunda-feira o coordenador da ‘task force’ do plano de vacinação, Henrique Gouveia e Melo.

“Os planos que já estavam em execução foram postos em pausa também”

Henrique Gouveia e Melo

“A principal consequência desta pausa na vacinação é a alteração que teríamos para a vacinação dos docentes e não docentes do pré-escolar e 1.º ciclo. Com esta decisão, os planos que já estavam em execução foram postos em pausa também. Estes planos estão prontos e são adiados para o ponto em que estas dúvidas deixem de existir”, disse.




As autoridades de saúde portuguesas decidiram esta segunda-feira, 15 de março, suspender o uso da vacina da AstraZeneca, por “precaução”.

A decisão foi anunciada após vários países europeus também terem adotado o mesmo procedimento, devido a relatos de aparecimento de coágulos sanguíneos em pessoas vacinadas.

Por seu lado, a empresa já disse que não há motivo para preocupação com a sua vacina.

©2021 MAIS GUIMARÃES - Super8

Publicidade

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?