VÁRIAS CAMPAS DESTRUÍDAS NO CEMITÉRIO DE URGEZES

Dezenas de campas foram destruídas esta tarde no cemitério da freguesia de Urgezes. O suspeito foi intercetado por dois cidadãos, que o conseguiram travar até a PSP chegar ao local.

 

 

Um homem na faixa etária dos 40 anos foi detido pela PSP por danificar dezenas de campas no cemitério de Urgezes. Por volta das 13h00, o suspeito foi encontrado no local a destruir várias sepulturas daquele cemitério, sem utilizar qualquer tipo de arma. Dois cidadãos conseguiram travar o indivíduo de continuar com aquele comportamento, e chamaram as autoridades ao local. Contudo, os estragos já estavam feitos.

Segundo o presidente da Junta de Freguesia de Urgezes, terá sido a recente morte da esposa do suspeito que terá desencadeado este comportamento. “É uma situação complicada, porque o cemitério mexe com a comunidade”, apontou Miguel Oliveira.

Dezenas de pessoas dirigiram-se ao cemitério para verificarem os danos das suas campas, mas as autoridades estão ainda a examinar o local e a recolher provas, e só posteriormente é que a comunidade terá acesso ao cemitério. Aqueles que estavam à porta do local mostraram-se preocupados com os estragos e questionavam quem iria pagar o prejuízo. Contudo, o presidente da Junta explicou ao Mais Guimarães que os proprietários das campas afetadas deverão dirigir-se à PSP e apresentar a queixa.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

©2018 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?