Venham mais Cinco

Por Eliseu Sampaio.

Venham mais Cinco é um célebre álbum de canções originais de Zeca Afonso. Gravado em Paris e editado no Natal de 1973, foi o seu último álbum antes da Revolução de Abril, tornando-se um dos símbolos da Liberdade.

Nesta terça-feira, 06 de outubro, Mais Guimarães – o Jornal, completou os seus primeiros 5 anos de vida. O Mais Guimarães que, quero acreditar, seja tido por muitos como um dos símbolos de Liberdade em Guimarães.

Não foram 5 anos fáceis, como prevíamos, fruto de uma quebra do caudal publicitário nos meios tradicionais, de uma crescente digitalização dos órgãos de informação, do desaparecimento de alguns meios vimaranenses e da desejada e crescente concentração de conteúdos nesta cidade.

O Mais Guimarães surgiu completamente contra a corrente, como uma “lufada de ar fresco” como ouvimos na altura e, por isso, instantaneamente apelidado pelos menos “esclarecidos” como um jornal “do contra”, mesmo quando se limitava a cumprir escrupulosamente o seu propósito: o de fazer jornalismo com rigor, com independência e pluralidade. Ao longo destas mais de duas centenas de edições, mantivemo-nos firmes nesse desígnio.

Com elevado sentido ético desta equipa, dos bons profissionais que cá estão e os que por cá passaram, a quem agradecemos tudo quando fizeram por este projeto, fomos crescendo dia a dia, mês a mês e ano a ano, descobrindo como resultado a confiança crescente que em nós foram depositando os leitores.

A 6 de outubro de 2015 sabíamos que a nossa maior força seria a confiança dos vimaranenses, e 5 anos volvidos, consideramos que seria muito difícil termos cumprido melhor o nosso papel.

Estes dias que vivemos são deveras perigosos, e exigem atenção, perspicácia e muita competência. Sabendo que o futuro é feito de desafios constantes, convictamente digo que estaremos à altura dos que temos em mãos e dos que hão-de vir, contando com o incentivo dos que em nós confiam.

Continuaremos, deste modo, a servir os vimaranenses e a trabalhar pelo desenvolvimento da identidade e da cultura local e regional, da promoção do progresso económico, social e cultural de Guimarães, tal como deixamos bem claro no nosso Estatuto Editorial.

Resta-nos agradecer-lhe, pela confiança.

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?