Vitrus adquire terreno para transferir estaleiro

A empresa Vitrus Ambiente procedeu à aquisição de uma parcela de terreno destinada à instalação do novo estaleiro onde serão realizadas as operações relacionadas com as oficinas e armazém da empresa.

A aquisição do terreno, com cerca de 10 mil metros quadrados, localiza-se na União de Freguesias de Conde e Gandarela e enquadra-se numa estratégia empresarial que, por um lado, segundo a empresa, “cria condições para o crescimento da empresa, e por outro, permite gerar significativas poupanças ao nível dos custos com os serviços”.




O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, afirmou que “a deslocalização do armazém e oficinas da Vitrus para instalações próprias e adequadas às suas funções na área do ambiente e num futuro próximo no serviço público de transporte flexível de passageiros é muita necessária. Também para implementar e operacionalizar projetos ambientais tecnologicamente evoluídos e inovadores precisa de espaço: de edifício e de uma razoável área de logradouro.”

Sérgio Castro Rocha, Presidente do Conselho de Administração da Vitrus Ambiente, disse que a aquisição “permite pensar no futuro da empresa e no crescimento que terá pelo menos nos próximos dez anos, num momento em que também é crescente a consciência dos cidadãos, e em especial a dos vimaranenses, face à missão coletiva de preservação do planeta com comportamentos sustentáveis”.

Simultaneamente, o novo terreno está localizado num “lugar estratégico que vai permitir a otimização de rotas” e, por conseguinte, a diminuição do consumo de combustível, o que “tem um importante impacto no ambiente e na redução de custos para a empresa”, reforça Sérgio Castro Rocha.




João Pedro Castro, Administrador Executivo da Vitrus Ambiente, adianta que mais de metade das infraestruturas do novo terreno “já estão realizadas, como muros, parque estacionamento, iluminação, poços de água, vedação, o que é uma mais valia” pois permite acelerar o processo de transferência do atual estaleiro para o novo. “Trata-se de aproveitar um local que já está licenciado, visto que era uma antiga central de betonagem, sendo que temos a certeza que é um excelente investimento”, explica João Pedro Castro.

Flávio Freitas, Presidente da União de Freguesias de Conde e Gandarela congratula-se pelo facto da Vitrus decidir investir na freguesia, “recuperando um espaço que estava ao abandono há muitos anos”.

Atualmente, as oficinas e o armazém da Vitrus Ambiente estão localizados na freguesia de Polvoreira. O prazo estimado para a transferência das instalações é o segundo semestre deste ano, numa missão ágil que tem por objetivo a melhoria das condições de vida dos habitantes de Polvoreira e dos trabalhadores da empresa.

©2023 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?