CarClasse
CarClasse
Museu de Alberto Sampaio retoma Encontros de História Local

A 25 de novembro.

museu-alberto-sampaio-barra

O Museu de Alberto Sampaio vai retomar os Encontros de História Local já no próximo dia 25 de novembro. Nesta XXII edição, pretende-se dar mais um passo no conhecimento e compreensão da evolução do conjunto edificado composto pela Igreja e Colegiada da Oliveira, tomando como ponto de partida a pré-existência do mosteiro medieval.

© Direitos Reservados

O objetivo é “conhecer, e dar a conhecer, as principais fases de desenvolvimento deste conjunto edificado, bem como contribuir para uma melhor compreensão da sua relação com o espaço urbano envolvente e a sua importância no desenvolvimento da estrutura urbana de Guimarães”, refere o Museu em comunicado às redações.

Esta edição vai contar com um conjunto de investigadores tais como Manuel Luís Real (FLUP), Arnaldo Sousa Melo (ICS – UM), José Carlos Lopes de Miranda (UCP), Ana Sofia Pereira da Silva (FAUP), Carla Garrido de Oliveira (FAUP), Manuela Alcântara (investigadora MAS), Maria José Queirós Meireles (MAS), Hélder Silva e Sousa (UM) e Sofia Barbosa (PDB).

O encontro destina-se ao público em geral e a participação está sujeita a inscrição prévia online ou através do telefone 253 423 910. O custo é de dez euros, os estudantes têm acesso gratuito e os docentes poderão usufruir de um desconto de 50%, estando esta formação creditada pelo Centro de Formação Francisco de Holanda.

Os Encontros de História Local têm o apoio do município de Guimarães.

Consulte abaixo o programa:

9h45 | Sessão de abertura

10h00 | “Sobre as origens do mosteiro de Guimarães”

Manuel Luís Real (Faculdade de Letras da Universidade do Porto)

10h30 | “O edifício da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira ao longo do tempo”

Ana Sofia Pereira da Silva (Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto)

11h00 | Pausa café

11h15 | “Do Ermo ao Cenóbio Urbano: A génese das Colegiadas nos estados-de-vida da espiritualidade cristã”

José Carlos Lopes de Miranda (Universidade Católica Portuguesa)

11h45 | “Protestação e requerimento em 1572: A Colegiada e os Milagres de Nossa Senhora da Oliveira”

Maria José Meireles (Museu de Alberto Sampaio)

12h15 | Debate

12h45 | Visita guiada à Sala das Pinturas do Convento de Santa Clara

13h/14h30 | Pausa almoço

14h30 | “Igreja de Nossa Senhora da Oliveira: algumas interrogações arquitetónicas”

Carla Garrido de Oliveira (Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto)

15h00 | “O portal da Colegiada de Guimarães”

Manuela Alcântara (investigadora e diretora do Museu de Alberto Sampaio – 1993 a 1999)

15h30 | “A vila e o mosteiro/colegiada: Santa Maria da Oliveira na História medieval de Guimarães”

Arnaldo Sousa Melo (Instituto Ciências Sociais – Universidade do Minho)

16h00 | “Prevenção e intervenção em elementos de madeira perante o ataque de insetos xilófagos: o caso da Igreja de Nossa Senhora da Oliveira”

Helder Sousa (Dept. Engenharia da Universidade do Minho) e Sofia Barbosa (Paço dos Duques de Bragança)

16h30 | Debate e encerramento

PUBLICIDADE

Arcol

Partilhar

PUBLICIDADE

Ribeiro & Ribeiro
Instagram

JORNAL

Tem alguma ideia ou projeto?

Websites - Lojas Online - Marketing Digital - Gestão de Redes Sociais

MAIS EM GUIMARÃES