PEDRO MARTINS CONFIRMA QUE FASE FINAL DA TAÇA DA LIGA É OBJETIVO

O técnico vitoriano assumiu o objetivo de marcar presença na final a quatro da Taça da Liga, um dia antes do arranque da equipa na prova, no terreno do Vizela, e confirmou que a equipa titular vai ser parecida à que tem alinhado no campeonato.

A presença na fase final da Taça da Liga, que decorre entre 26 e 29 de janeiro, no Estádio do Algarve, é mais um objetivo do emblema da cidade-berço, além do apuramento para a Liga Europa e da presença na final da Taça de Portugal, no Jamor, confirmou Pedro Martins.

“É uma prova com moldes diferentes. Financeiramente, parece-me atrativa para os clubes que chegarem às meias-finais. É uma prova que, pela qualidade que temos no grupo e por praticamente termos dois jogadores para cada posição, vemos com ambição. Gostaríamos de estar na “poule” final, no Algarve”, disse na conferência de imprensa de antevisão do encontro da primeira jornada do Grupo D, com o Vizela, da Segunda Liga.

O treinador adiantou que, na sexta-feira, pelas 19h15, em Vizela, vai alinhar a equipa que “mais minutos tem no campeonato” para defrontar um adversário que, apesar de militar num “escalão inferior” é “muito competitiva” e é orientada por Rui Quinta, um técnico que, a seu ver, dá um “cunho pessoal” às formações que orienta.

“Teremos um jogo difícil, complicado, perante uma equipa que, no seu reduto, normalmente faz bons resultados e que vai dar tudo para vencer o Vitória”, resumiu.

O timoneiro da formação de Guimarães adiantou, porém, que grande parte dos elementos do plantel vai ter minutos de jogo, até porque entre sexta-feira e terça-feira, data da receção ao Paços de Ferreira, a contar para a segunda jornada do grupo, “não é possível recuperara toda a gente a 100%”, e também pelo facto dos jogadores menos utilizados terem dado “excelentes respostas”, quando são chamados.

“Não é uma questão de gestão, mas de confiança no grupo de trabalho que temos à nossa frente, que nos dá garantias quer de bons resultados, quer de rendimento elevado”, esclareceu.

Pedro Martins referiu ainda que Joseph, médio regularmente utilizado na equipa B, “subiu à equipa A com todo o mérito” e dá “garantias quer para o presente, quer para o futuro”.

 

 

©2020 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?