“A cor d@ lut@”: Associação Académica da UMinho vai homenagear vítimas de feminicídio

De forma a assinalar o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, que decorre esta na sexta-feira, dia 25 de novembro, a Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho) desenvolve a campanha “A cor d@ lut@”. A iniciativa, que conta com duas atividades, vai ter lugar na véspera da data mundial na Universidade do Minho.

© Direitos Reservados

Esta quinta-feira, dia 24 de novembro, a comunidade académica é convidada a deixar a sua marca num pano preto, num sinal de luta e força para todas as mulheres vítimas de violência. O Campus de Azurém vai receber a iniciativa na parte da manhã, junto à entrada da Nave, enquanto que no Campus de Gualtar vai decorrer durante a tarde, junto ao Prometeu.

Pelas 21h30, vai ter lugar no Campus de Gualtar uma Vigília, em memória de todas as mulheres assassinadas. Toda a comunidade académica e local está convidada a acender uma vela, realizar um minuto de silêncio e a trajar em luto, no caso dos estudantes.

Vale relembrar que o flagelo da violência contra as mulheres continua a assolar milhares um pouco por todo o mundo, resultando numa incontável perda de vidas humanas. Em Portugal, anualmente, milhares de mulheres sofrem de violência e abusos, levando, nos casos mais extremos, ao feminicídio de dezenas um pouco por todo o território nacional. Até setembro do presente ano, 20 mulheres morreram devido à violência doméstica. 

Desta forma, a AAUminho diz ser urgente “continuarmos a alertar a sociedade sobre a violência exercida contra as mulheres e de prestar uma sentida homenagem a cada Vítima, cada Mãe, cada Irmã, cada Amiga… Cada Mulher que teve a infelicidade de vivenciar uma realidade cruel! Por todas elas, vamos fazer silêncio e continuar a pugnar, diariamente, por uma sociedade mais justa e igualitária, onde a violência não tem qualquer lugar!”.

©2022 MAIS GUIMARÃES - Super8

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?